Marcos Cabral intensifica transparência e proteção na Codego

“O governador Ronaldo Caiado determinou transparência total, para que a sociedade acompanhe o que cada repartição está  fazendo”, diz presidente

Marcos Cabral com servidores da Codego| Foto: Divulgação

A Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás incentivou, ao longo dos últimos anos, uma indústria: a de más notícias. Mas o atual governo adotou medidas de austeridade para moralizar a Codego. Presidente desde meados de outubro, Marcos Cabral adotou expediente de 16 horas diariamente para analisar cada contrato, inclusive os de pessoal e anuência com empresas. É o compliance na prática, como quer o governador Ronaldo Caiado.

Na tarde de sexta-feira, 1º, Marcos Cabral apresentou aos servidores as conquistas das últimas semanas de trabalho, com análise de cada risco apontado pela Controladoria Geral e pelo Tribunal de Contas do Estado. Aliás, o TCE e a CGE foram os primeiros órgãos com os quais Cabral se reuniu após tomar posse.

Entre outras medidas, o novo presidente implantou ouvidoria, corregedoria e gestão integrada.

“O governador Ronaldo Caiado determinou transparência total, para que a sociedade acompanhe o que cada repartição está  fazendo”, diz Marcos Cabral. “É o que estamos fazendo na Codego.”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.