Dois vereadores, Geverson Abel, do Avante, e Léo José, do Republicanos, batalham, dia e noite, com o objetivo de assumir a vice-presidência da Câmara Municipal de Goiânia. Os dois saíram na frente e são “fortes”, de acordo com alguns de seus colegas. Eles estão quase na “janelinha”. São Edmundo e Romário, os ex-jogadores de futebol.

Mas pode pintar uma surpresa, e das grandes. O vereador Mauro Rubem, do PT, deixa o cargo, no início de fevereiro, e vai assumir mandato de deputado estadual, na Assembleia Legislativa de Goiás. A professora Kátia Maria, do PT, vai assumir sua vaga.

Kátia Maria, mesmo chegando agora, já pode ir para a “janelinha”? É possível. Com o PT forte em nível nacional, a força política dos deputados Adriana Accorsi e Rubens Otoni, ambos petistas, multiplicou-se.

Por isso, há mesmo a possibilidade de Kátia Maria se tornar a vice-presidente da Câmara. Frise-se que a interlocução entre Adriana Accorsi e o presidente do Legislativo, Romário Policarpo — que também é o vice-prefeito de Goiânia —, é das melhores.