Kajuru não apoia Luciano Huck pra presidente mas não se opõe à sua candidatura pelo Cidadania

“Roberto Freire aceita minha independência, então também devo respeitar as decisões do partido. Mas não defenderei o candidato”

Jorqe Kajuru (ao lado de Roberto Freire) veste a camisa do Cidadania, mas não aprova as ideias do “presidenciável” Luciano Huck | Foto: Reprodução

O senador Jorge Kajuru diz que, quando foi se filiar ao Cidadania, ouviu do presidente nacional, Roberto Freire, que o apresentador de televisão Luciano Huck, da TV Globo, poderia se filiar ao partido e disputar a Presidência da República.

Luciano Huck pode ser candidato a presidente pelo Cidadania | Foto: Reprodução

“Roberto Freire, um político admirável e histórico, sabe de minhas divergências com o estilo político de Luciano Huck. Mas, se o partido escolhê-lo para disputar a Presidência, vou aceitar e não colocarei nenhum obstáculo. Porque, como disse, fui avisado antecipadamente pelo presidente do partido. Mas não contem comigo para defendê-lo nas tribunas, em comícios e na campanha”, afirma o senador.

“Roberto Freire aceita minha independência, então também devo respeitar as decisões do partido. Acrescento que minha primeira filiação política foi ao PPS, nome anterior do Cidadania. O partido é democrático e me dá liberdade. É o que, de fato, importa.”

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.