Júnior Friboi pode apoiar Vanderlan Cardoso para governador. Mas o socialista precisa deslanchar

O empresário veta qualquer apoio a Iris Rezende, mas libera seus aliados para apoiar Vanderlan Cardoso, Antônio Gomide e Marconi Perillo

O empresário Júnior Friboi (PMDB) está liberando tanto os prefeitos quanto os candidatos a deputado federal e estadual de seu grupo político para apoiar quem quiser para governador de Goiás. Com uma ressalta: “Aquele que apoiar Iris Rezende não terá nem seu apoio financeiro nem sua amizade”, frisa um aliado, dos mais próximos. “Iris não é apenas adversário, rival. É inimigo, o inimigo a ser vencido.”

Júnior Friboi pode apoiar Vanderlan Cardoso para governador | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Júnior Friboi pode apoiar Vanderlan Cardoso para governador | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Nesta semana, políticos que conversaram com Friboi disseram ao Jornal Opção que ele não vai se omitir. Por enquanto, vai ficar estudando o quadro, acompanhando o desenrolar das alianças e a definição das candidaturas. Mas uma coisa é certa, segundo um de seus principais aliados, candidato a deputado: “Se Vanderlan Cardoso [pré-candidato pelo PSB] deslanchar, se ficar mais próximo do governador Marconi Perillo, Júnior pode apoiá-lo. Não há nada certo, definido, mas é uma possibilidade, insisto, até, que é a principal possibilidade”.

O friboizista afirma que Friboi — que ele prefere chamar de “Júnior” — não tem nada de pessoal contra o pré-candidato a governador pelo PT, Antônio Gomide. “Mas como acompanhar um político cujo partido sugeriu que poderia apoiar Iris Rezende para governador, mas não o Júnior?” O pré-candidato a deputado acrescenta que o PT pode até receber algum apoio de aliados de Friboi. “Júnior não vai barrar nenhum de seus aliados que queira apoiar Gomide e o PT. Mas pode ser que, na hora agá, concentre seu apoio em Vanderlan.”

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.