Um político de São Miguel do Araguaia, ao analisar o quadro para a disputa da prefeitura, disse ao Jornal Opção: “Se brincar, o Jadir poderá até pedir música no ‘Fantástico’, pois tudo indica que caminha para a terceira derrota”.

De fato, Jadir Lopes de Oliveira, o Jadir da Farmácia (União Brasil), de 61 anos, perdeu duas eleições para prefeito. Em 2016, ficou em terceiro lugar — atrás de Doutor Nélio (PSDB), o eleito, e de Professora Adailza.

Em 2020, Jadir da Farmácia ficou em segundo lugar, com 40,10% dos votos válidos. Ele perdeu para a prefeita Azaide Donizetti Borges Martins, do pP.

Jerônymo Siqueira: visto como o nome da renovação política | Foto: WhatsApp

Frise-se que pesquisas de intenção de voto mostram que, no momento, Jadir da Farmácia é o favorito para o pleito de outubro deste ano, daqui a oito meses. “O problema é que, como os cavalos paraguaios, ele começa em primeiro, mas, ao se ‘cansar’ durante a campanha, acaba sendo derrotado”, afirma um ex-vereador.

Vale lembrar, porém, que Lula da Silva perdeu três eleições presidenciais seguidas antes de ser eleito, na quarta vez. Um militante ligado ao deputado José Nelto contrapõe: “Com mais estrutura, Jadir será eleito prefeito de São Miguel”.

Eduardo Seabra: vice-prefeito | Foto: Site do TSE

“O vice-prefeito Eduardo Seabra, pastor evangélico, é cotado para ser vice de Jadir da Farmácia”, afirma o nelto-jadilista.

Eduardo Seabra é filiado ao Republicanos do pastor-deputado federal Jeferson Rodrigues. Há quem postule que, no lugar de compor com o líder do Uniao Brasil, ele próprio pode ser candidato a prefeito.

O candidato da prefeita Azaide

Azaide Borges: a cabo eleitoral número 1 de São Miguel do Araguaia | Foto: Facebook

A incógnita do jogo deste ano é: quem será o candidato da prefeita Azaide Borges Martins? Obter o apoio da gestora municipal é importante porque é bem avaliada. Faz o estilo “mãe dos pobres” e, por isso, é popular. Todos — ou quase todos — os pré-candidatos querem seu apoio. Mas ela, até agora, não definiu quem será o ungido.

Ligado ao deputado federal Adriano do Baldy (pP) e ao ex-deputado Tião Caroço, o presidente da Câmara, Batista Garcia (João Batista Garcia Costa), do pP, também estaria no páreo. Um político ligado a Jadir da Farmácia afiança que Batista Garcia, apesar de sugerir que pode ser candidato, tende a apoiar um dos candidatos e, por isso, irá à reeleição.

A surpresa do pleito pode ser o jovem empresário Jerônymo Siqueira, que ainda não está filiado, mas teria convites do Podemos, do PL, do DC e do PRD.

João Batista: presidente da Câmara de São Miguel | Foto: Câmara

Apontado como articulado, Jerônymo Siqueira tem conversado com vários grupos políticos da cidade. É visto como agregador. Um político local aposta na sua vitória: “É jovem, articulador, bom de diálogo e tem amplo apoio na cidade — tanto do empresariado urbano quanto do pessoal do Agro. É visto como o postulante da renovação. Acredito que levará Jadir a pedir música no ‘Fantástico’. Ou seja, tende a ser o responsável pela terceira derrota consecutiva de Jadir”.

Frise-se que é cedo para afirmações tão peremptórias, sobretudo considerando que, como integrante da base do governador Ronaldo Caiado, Jadir da Farmácia é um postulante consistente. Os deputados José Nelto (federal) e Lineu Olímpio (estadual) ao apoiam. (E.F.B.)