Jânio Darrot elege seu candidato em Trindade e está no jogo para a disputa de 2022

Político obstinado, Jânio Darrot foi decisivo para a vitória de Marden Júnior e pode disputar o governo ou o Senado na próxima eleição

O resultado da eleição em Trindade mostra que o pleito foi disputadíssimo: Marden Gabriel Alves de Aguiar Júnior (Patriota): 37,72%; Antônio Carlos Caetano de Moraes (DEM): 28,57%; George Morais (PDT): 25,70%; e Alexandre César Batista Freire (PSD): 8,01%.

O detalhe é que, a partir de determinado momento, Marden Júnior descolou — tanto que obteve 21.930 votos, contra 16.607 votos do segundo colocado. Uma diferença substantiva de 5.323 votos.

A vitória da base do prefeito Jânio Darrot, do PSDB, começou a se desenhar com a escolha do candidato. Marden Júnior tem apenas 30 anos, é um indivíduo de grande empatia e, como secretário da prefeitura, havia se revelado um gestor tão eficiente quanto diplomata no trato com as pessoas.

Numa palavra, com ou sem pesquisa, Jânio Darrot decidira investir no novo, Marden Júnior, portanto na renovação e na modernização continuada de Trindade.

Jânio Darrot e Marden Júnior: vitória dos que não temem a adversidade | Foto: Divulgação

O começo foi difícil. Porque, por entenderem a força política de Jânio Darrot e de Marden Júnior, as oposições fizeram o impossível para desidratar a aliança (Marden para prefeito e Alcione Acácio Silva, Pastor Alcione, do Republicanos, na vice).

Repórteres do Jornal Opção a acompanharem de perto a campanha e em nenhum momento viram desânimo e desespero por parte dos coordenadores. Pelo contrário, sempre que ouviam Jânio Darrot e Marden Júnior, ficavam com a impressão de que estavam calmos e confiantes na vitória, numa volta por cima.

Num primeiro momento, para Marden Júnior se apresentar, para massificar seu nome, Jânio Darrot ficou mais nos bastidores, costurando alianças. Em seguida, ante o ataque maciço das oposições, com “mísseis” oriundos sobretudo da campanha do deputado Dr. Antônio, o prefeito assumiu a linha de frente da campanha, sempre ao lado de Marden Júnior.

O que Jânio Darrot e Marden Júnior diziam aos eleitores, diretamente e sem intermediários, era: vocês têm de escolher entre o futuro e o passadismo, entre quem foca em interesses pessoais e quem foca em interesses coletivos. A tese da modernização continuada e a ideia de que a renovação às vezes viceja em quem está no poder, e não em quem quer assumir a governança, pegaram e Marden foi eleito.

O que a vitória de Marden Júnior prova e ensina? Primeiro, é preciso reconhecer o empenho do jovem político, que trabalhou, como verdadeiro workaholic, durante toda a campanha. Segundo, o registro crucial é que Jânio Darrot provou que é um verdadeiro líder, um guia para os bons caminhos.

Líder é aquele indivíduo que vence na adversidade, não apenas na bonança. Líder é aquele que, quando as coisas não estão muito boas, afirma: “Ânimo. Vamos ganhar, porque temos o melhor projeto e ele será compreendido pelas pessoas”.

Ao contribuir para a vitória de seu candidato e para a derrota do candidato do governo, Dr. Antônio, Jânio Darrot prova que está no jogo para a disputa de 2022. Dos líderes do PSDB, o único que realmente mostrou força, numa cidade de porte, foi o prefeito de Trindade.

Portanto, Jânio Darrot, se quiser, está no jogo para a disputa de 2022. Tanto pode ser candidato a governador — provou eficiência na iniciativa privada (é um empresário bem-sucedido) e no setor público — quanto a senador ou a deputado federal. Anote: quem quiser disputar cargo majoritário no próximo pleito terá de articular com o prefeito de Trindade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.