Iristas dizem que Iris será candidato mas não quer gastar na campanha de candidatos a vereador

Iris Rezende: sempre é candidato quando diz que não é candidato

Iris Rezende: sempre é candidato quando diz que não é candidato

Um fato intriga os políticos: Iris Rezende é “mais” candidato quando diz que “não é” candidato. Mas há quem aposte que, desta vez, o peemedebista pode ficar fora da disputa, surpreendendo os especialistas em Iris — os “irislogistas”. O Jornal Opção saiu a campo e ouviu seis peemedebistas. Três são iristas de carteirinha. Dois são ligados ao deputado federal Daniel Vilela e ao prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela. O último é quase anti-irista. Os seis concordam num ponto: Iris tem mesmo vontade de disputar a Prefeitura de Goiânia. Um sublinhou: “Ele gostaria mais de ser prefeito do que de disputar a eleição. Por mais que seja saudável e uma campanha em Goiânia seja menos cansativa, trata-se de um homem que, em dezembro, fará 83 anos”.

Os políticos afirmam que Iris Rezende é um apóstolo de campanhas menos dispendiosas, sobretudo depois que deixou o poder. No momento, teria condições de reunir cerca de 3 milhões de reais, mas para sua campanha, não para fazer campanha de candidatos a vereador. O irismo avalia que os candidatos a vereador precisam mais de Iris do que este deles. Outra questão: ele estaria com receio de perder a disputa para Waldir Soares (PR) e, sobretudo, para Vanderlan Cardoso (PSB). Mas, afinal, vai ser candidato? Os seis apostam que sim. “Quando se lançar, deslancha e descola do delegado Waldir”, afirma um danielista.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.