Iris Rezende pode bancar o ex-senador Mauro Miranda para presidente do PMDB

A tese do irismo é convincente: se veta José Nelto e Nailton Oliveira, Maguito Vilela não vetaria o ex-senador

Mauro Miranda e Iris Rezende | Foto: Leandro Vieira

Mauro Miranda e Iris Rezende | Foto: Leandro Vieira

Iris Araújo banca José Nelto para presidente do Diretório Estadual do PMDB? A madrinha só banca até a contraordem de Iris Rezende. O irismo desconfia de Nelto, sugerindo que, quando lhe interessa, frequenta o Palácio das Esmeraldas. No entanto, contra Daniel Vilela, pode apoiar o deputado estadual. Nailton Oliveira pode ser uma alternativa? Pode, mas não tem qualquer força política. Será sempre uma força derivada de outra força, se for eleito presidente do partido. Daniel Vilela é o novo e tem o apoio de Maguito Vilela, prefeito de Aparecida de Goiânia, do deputado federal Pedro Chaves e do prefeito de Jataí, Humberto Machado. Mas o irismo pensa assim: se Daniel Vilela for eleito presidente do partido praticamente carimba seu passaporte para a disputa do governo em 2018. O irismo pode até apoiá-lo para o governo, se não conseguir emplacar Ronaldo Caiado, do DEM, mas quer que sua escolha seja feito por Iris Rezende.

Se o irismo não quer Daniel Vilela, porque seria trocar o irismo pelo maguitismo, se desconfia de José Nelto, se avalia que Nailton Oliveira não tem estatura política estadual, o que fazer?

Por enquanto nos bastidores, Iris Rezende estaria conversando com o ex-senador Mauro Miranda [foto acima] para lançá-lo candidato a presidente do PMDB. Por que Mauro? Porque é um ex-senador e não tem qualquer resistência nos grupos do partido. Maguito Vilela, por exemplo, não teria como vetá-lo.

Mauro Miranda seria apresentado como um tertius. É irista, mas é respeitado por todos os grupos do PMDB.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.