Iris Rezende define parte do secretariado, com Paulinho Graus na Secretaria de Obras

Lívio Luciano vai para a Secretaria de Finanças. Samuel Almeida é apontado como presidente da Comurg. Agenor Mariano e Paulo Ortegal estão na equipe

Iris Rezende: prefeito de Goiânia pela quarta vez. A primeira vez foi na década de 1960 | Fotos: Arquivo/Jornal Opção

O prefeito de Goiânia, Iris Rezende (PMDB), ainda está compondo seu secretariado. Mas alguns nomes estão definidos ou praticamente definidos.

Secretaria de Obras

O vereador Paulinho Graus deve assumir a Secretaria de Obras. Ele pertence ao PDT e, na campanha, foi um dos entusiastas da campanha de Iris Rezende.

Presidência da Comug

O ex-deputado estadual Samuel Almeida, da Igreja Assembleia de Deus, é o nome mais cogitado para a Comurg. Na campanha, atraiu dezenas de evangélicos de proa para a campanha de Iris Rezende. Considera-se abandonado pelo tucanato. Há quem avalie que Almeida tem perfil para a Secretaria de Governo.

Secretaria de Finanças

Lívio Luciano, auditor do Fisco do Estado e ex-deputado estadual, será o secretário de Finanças. Ele entende do ramo e, de quebra, funciona como articulador político do primeiro time. É da cota pessoal de Iris Rezende.

Chefe de gabinete

Paulo Ortegal, apontado como diplomata e um ás em termos de organização, assume a chefia de gabinete. Ex-conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios, mantém uma ligação umbilical com Iris Rezende.

Embora discretíssimo, é hábil na articulação política, Paulo Ortegal é o principal responsável pela distensão das relações entre o prefeito de Goiânia e o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB).

Secretário de Governo

Agenor Mariano, político e técnico dos mais ligados ao peemedebista-chefe, será o secretário de Governo.

Quando Iris Rezende estava no ostracismo, considerado carta fora do baralho da política, Agenor Mariano não o abandonou em nenhum momento. Levava-o, inclusive, ao encontro de evangélicos.

Quando o peemedebista-chefe precisou de alguém para fazer o enfrentamento com o ex-prefeito Paulo Garcia, com o objetivo de distanciar o PMDB do petista, que estava muito desgastado, Agenor Mariano prontificou-se a fazer as críticas mais duras e pertinentes. Não hesitou um minuto. Chegou a ser perseguido por Paulo Garcia, que demitiu seus auxiliares, mas não contemporizou.

Outros secretários

Joel Santana Braga Filho

Joel Santana Braga é o mais citado para a Secretaria da Educação. Tem sido mencionado como possível responsável pelo setor de ciência e tecnologia da prefeitura. Silvio Fernandes e o vereador Paulo Daher, ambos do DEM, são igualmente cotados para a equipe municipal.

Cotados para compor a equipe

O advogado militante Kowalsky Ribeiro é cotado para a Corregedoria ou para a Procuradoria. Ele é faz parte dos indicados por Samuel Belchior. Para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciências e Tecnologia, o nome mais cotado é de Macxweel Novais Ferreira, ligado ao PRB e ao deputado estadual Simeyzon Silveira (PSC): ele une dois grandes grupos, o da Igreja Universal do Reino de Deus e o da igreja Luz Para os Povos.

Também devem compor a equipe de Iris Rezende, mas os cargos ainda não foram definidos: Carlos Antunes Jr. (advogado e economista), Hugo Goldfeld (empresário), Dário Campos, Joás, Paulo Rassi, Márcia Carvalho, Filemon Pereira (assessor de Imprensa ou secretário de Comunicação), Ângela Moureira.

Uma resposta para “Iris Rezende define parte do secretariado, com Paulinho Graus na Secretaria de Obras”

  1. Avatar Gustavo Henrique disse:

    acho que a comurg vai ter outro nome já que a empresa entra na lei das estatais, assim o prefeito não vai poder colocar qualquer um, se não cabe ação do ministerio publico ou ação popular

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.