Humberto Aidar assume cargo de conselheiro do TCM até o fim do ano

Enquanto o deputado não assume a vaga, um conselheiro substituto ocupará o cargo no Tribunal de Contas dos Municípios

O deputado estadual Humberto Aidar assume o cargo de conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios de Goiás (TCM) até o fim de 2021.

Uma fonte do governo afirma que o governador Ronaldo Caiado pediu para Humberto Aidar ficar na Assembleia Legislativa, no comando da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), pelo menos até o fim do ano. O trabalho do parlamentar na CCJ é visto como competente e extremamente benéfico para o governo do Estado e, por consequência, para o Estado de Goiás.

Humberto Aidar (MDB): um dos deputados mais qualificados de Goiás | Foto: Fábio Costa/Jornal Opção

Não há nenhuma disputa pela vaga, que é de indicação da Assembleia Legislativa, que quer Humberto Aidar (MDB) no TCM. O governador também quer, sobretudo porque é grato ao deputado, que fez um trabalho considerado “excelente” — tanto pelo governador quanto pela Secretaria da Fazenda — na questão da CPI dos Incentivos Fiscais (depois da CPI, o governo foi efetivamente “devolvido” aos goianos; pode-se sugerir que o Estado havia sido “privatizado” por determinados grupos empresariais). O conhecimento técnico do funcionamento do Legislativo, notadamente nas questões legais e econômicas, de Humberto Aidar é reconhecido por aliados e até por adversários. “É craque”, resume um deputado.

A Assembleia não tem prazo definido para indicar o novo conselheiro. A vaga está aberta. Enquanto Humberto Aidar não assumir, um conselheiro substituto, concursado pelo TCM, assumirá a vaga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.