Henrique Meirelles pode ser a ponte entre Lula da Silva e Michel Temer

O ex-presidente pode moderar tantos os movimentos sociais quanto o próprio PT. Aí não teria o presidente da República nos calcanhares

Henrique Meirelles e Lula da Silva foto da Reuters

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, pode ser a ponte entre o presidente Michel Temer e o ex-presidente Lula da Silva. O ministro da Fazenda é amigo dos dois.

Consta que, antes de assumir o ministério, Henrique Meirelles fez sondagens a Lula da Silva, que teria sugerido que aceitasse o convite.

Henrique Meirelles, indicado para consertar a economia, pode acabar se envolvendo na seara política para moderar Lula da Silva, e este, por sua vez, moderaria os movimentos sociais e o próprio PT. Michel Temer enviou sinais de que quer paz, e não guerra.

Henrique Meirelles e Michel Temer 24

O que Lula da Silva ganharia em troca? O governo não pegaria no seu pé nem forneceria material para liquidá-lo politicamente. Aí o ex-presidente teria de lutar apenas noutros fronts —como a Justiça Federal, o Ministério Público e a Polícia Federal.

Lula da Silva parece um político emocional, mas, no fundo, é extremamente racional. Em pouco tempo, entenderá que, na sua situação (não está descartada a sua prisão), não é nada saudável ter um presidente da República nos seus calcanhares.

Uma resposta para “Henrique Meirelles pode ser a ponte entre Lula da Silva e Michel Temer”

  1. Avatar Santos Mallman Santos disse:

    PORQUE DILMA CAIU…?

    DILMA pelo jeito cairia de qualquer forma….deixou de fazer o “toma lá dá cá” com a horda de políticos corruptos que são maioria na câmara e senado e se fizesse o contrário a derrubariam – aí com provas concretas – de que foi cúmplice em trapaceiros e trapaceio do dinheiro público… O fato é que a oposição chegou a conclusão que NO VOTO não chegaria nunca ao poder…. o jeito foi fazer um amplo e diversificado CONLUIO onde paulatinamente grandes empresários – principalmente paulistas, resolvem financiar a mídia em prol de uma colossal campanha de difamação e maculação de imagem…. Logo cooptam como aliados membros do MP, PF tendo o Moro como testa de ferro que na propalada combate a corrupção pinçam tudo do governo e aliados e relegam ou omitem tudo em segundo plano todo tipo de roubalheiras da oposição. Simples …. dias e noites a mídia fazendo a toada massacrante de “quem roubou” e escondendo “os que roubaram ” mas não era governos. As delações eram proibidas de citar nomes tucanos e se insistissem caía no esquecimento….e o tempo passando, os midiotas permitindo que seus cérebros fossem alugados e assim um movimento colossal de gente que supostamente “sabia muito” – diga-se através da Globo, Veja, etc, tornaram-se “cabos eleitorais” pra disseminação massiva… A “crise” economia foi real e necessária por dois importantes motivos… Crise hídrica que não permitiria que o país continuasse crescendo em vista de possíveis APAGÕES e por força de vários desajustes ocorridos em preços e serviços com a exacerbação de empresas e funcionários autônomos e liberais e aumentarem abusivamente seus preços de serviços e renumerações destoando da grande maioria que seguia indicadores lógicos determinados pelos índices oficiais. A carência destes profissionais acabou promovendo a “falta de juízo” em se auto avaliarem como “imprescindíveis” ao que aviltarem em demasia seus serviços.
    Se o congresso – que desde cedo através do Aécio em vez de dar apoio – não á Dilma – tivesse agido de forma republicana a economia e o país certamente buscaria resultados positivos bem mais rapidamente…. Mas resolveram jogar uma cartada final de investir contra tudo que o país necessitava através de criação de pautas bombas e boicotando toda forma de governabilidade possível….
    A ânsia e a sede do poder foi de fato o grande culpado no Golpe contra Dilma…. Pensavam: “Se não conseguimos ganhar em eleições esse é o momento ideal de termos o Governo nas nossas mãos”… E assim foi sucedendo os fatos e deu no resultado que ficará marcado em nossa história do caso da presidente deposta – não por cometer crimes, mas pelo fato de ter evitado cometê-los…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.