Gugu Nader acredita que no PSDB pode ser eleito com 15 mil votos

O político de Itumbiara diz que, com a fusão entre o DEM e o PSL, não tem como continuar no partido do deputado Delegado Waldir

Na eleição de 2020, para prefeito de Itumbiara, Gugu Nader obteve 14.036l votos (27,95%) e ficou em segundo lugar. O prefeito eleito, Dione Araújo, obteve 16.640 votos (33,13%).

Os números sugerem que, embora tenha sido derrotado, Gugu Nader tem força eleitoral no município.

Em 2022, Gugu Nader pretende disputar mandato de deputado estadual. Embora “grato” ao deputado federal Delegado Waldir Soares, presidente do PSL, ele pretende sair do partido. Porque, com a fusão entre o PSL e o DEM, o comando do partido no seu município certamente será repassado para o prefeito Dione Araújo ou para o deputado estadual Álvaro Guimarães, ambos filiados ao Democratas e seus adversários políticos locais. “Vou disputar mandato de deputado estadual e o Álvaro também. Portanto, não há espaço para nós dois na mesma legenda”, afirma.

Gugu Nader: ex-vereador em Itumbiara | Foto: Divulgação

Ao ser informado da fusão, o ex-vereador procurou o Delegado Waldir e lhe informou que iria sair do PSL. Em seguida, procurou o ex-governador Marconi Perillo, chefe político do PSDB, para uma conversa.

Aliás, antes, Gugu Nader conversou com o governador Ronaldo Caiado (DEM) — político que respeita pela “seriedade” e “firmeza no trato da coisa pública” — e com o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (de saída do MDB). A conversa com Perillo foi mais “atraente”. “Acredito que, pelo PSDB, se obtiver entre 15 mil e 20 mil votos, serei eleito deputado estadual. É o que justifica minha opção pelo tucanato.”

O PSDB deve lançar, para deputado estadual: Eliane Pinheiro, Gláucia Melo (viúva do ex-prefeito de Porangatu Júlio da Retífica), Gugu Nader, Gustavo Sebba, Paulinho Rezende e Pedro Fernandes (se Gláucia disputar, ele, seu irmão, não disputa).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.