Grande surpresa de 2022 pode ser Daniel Vilela pra governador e Delegado Waldir pra senador

O emedebista terá dificuldade com o PP de Baldy e o PT de Otoni. Aliança pode ser com o PSL do deputado federal

Daniel Vilela, novos contornos para o jogo político de 2022 | Foto: Jornal Opção

O deputado federal Delegado Waldir Soares brigou com Marconi Perillo e deixou o PSDB. Ele alegou que tentou ser candidato a prefeito de Goiânia pelo tucanato, mas recebeu o veto pessoal do ex-governador. Ele filiou-se ao PR (hoje PL) de Magda Mofatto e disputou a Prefeitura de Goiânia, mas acabou derrotado.

Em seguida, em 2018, o parlamentar decidiu apoiar Ronaldo Caiado (DEM) para governador de Goiás. Ele foi reeleito pelo PSL — com quase 300 mil votos (levou junto seu companheiro de chapa Major Vitor Hugo, hoje seu desafeto político e pessoal). Mas, como não conseguiu indicar aliados para o primeiro escalão — e nem mesmo para o segundo escalão —, Delegado Waldir rompeu a aliança com o governador.

Agora, Delegado Waldir está viajando, nos finais de semana, por todo o Estado — montando e remontando as bases do PSL. Seu objetivo é lançar candidatos a prefeito nas grandes, médias e, quando possível, pequenas cidades de Goiás. Por trás disto há uma estratégia: o deputado quer participar de uma chapa majoritária em 2022. Para tanto, o PSL precisa estar forte e coeso.

Delegado Waldir quer disputar mandato de senador em 2022 | Foto: Fábio Costa/Jornal Opção

O principal objetivo de Delegado Waldir é disputar mandato de senador. Da chapa de Ronaldo Caiado, o deputado não participará, porque o rompimento é  apresentado por ele como “definitivo” e “incontornável”. Como há dificuldade de retomada de diálogo com o PSDB de Marconi Perillo e Jânio Darrot, o atual presidente do partido, Delegado Waldir poderá compor com Daniel Vilela.

Daniel Vilela, no momento, perdeu o apoio do Progressistas, que se aproximou do governador Ronaldo Caiado. Pode compor com o PT de Antônio Gomide e Rubens Otoni? Não se sabe, porque o PT subordina tudo ao “movimento” Lula Livre, o que o MDB não aprova. Portanto, não será nenhuma surpresa se, em 2022, Daniel Vilela disputar o governo do Estado com uma chapa majoritária com a participação de Delegado Waldir. Este como candidato a senador.

Seria um chapão popular. Frise-se que não há nada definido. Só conversas e articulações. Mas alianças só serão fechadas mais tarde, bem mais tarde.

2 respostas para “Grande surpresa de 2022 pode ser Daniel Vilela pra governador e Delegado Waldir pra senador”

  1. Dalmy Pedro disse:

    kkkkkkkkk…Delegado Waldir tem que aproveitar seu mandato de Deputado Federal, que possivelmente será seu último !! Enterrou sua carreira política quando rompeu com o BOLSONARO !!

  2. Eurípedes Inacio disse:

    Acredite — se quiser…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.