O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), pretende modificar o quadro de jornalistas da assessoria setorial de comunicação. Uma avaliação indica que o trabalho de alguns dos profissionais não é satisfatório tanto para o governo quanto para as secretarias. Há assessores que não têm compromisso com o governo — é como se, nefelibatas, não precisassem se posicionar a respeito dos assuntos públicos, comportando-se como meros burocratas não criativos.

As mudanças devem ser feitas sem que os secretários sejam consultados. O governo avalia que as indicações são mais técnicas do que políticas e que a comunicação precisa melhorar de modo radical.