Goiânia ganhou uma nova romaria: a Goiás na Frente. O quê? Sim, governadores e prefeitos de vários Estados estão enviando equipes para conhecer como funciona o programa municipalista. Eles saem impressionados.

Um político do Rio Grande do Sul, depois de colher informações sobre o Goiás na Frente, informou: “No nosso Estado, os municípios estão à míngua e os salários dos funcionários públicos, além de atrasados, estão sendo parcelados”. Falando nisso, vale lembrar, o governador José Ivo Sartori é filiado ao PMDB.

O problema de alguns governadores é que, sem recursos, não terão como copiar o Goiás na Frente. Mas querem copiar pelo menos parte do programa.