Goiás perde o pioneiro Sebastião Motta, fundador das Óticas Motta. Ele tinha 100 anos

O empresário foi um dos proprietários da General Novilar, empresa que vendia eletrodomésticos nos anos 60 e 70

Faleceu no sábado, 15, aos 100 anos, Sebastião Motta, pioneiro de Goiânia e fundador da primeira ótica do Estado, a Óticas Motta, aberta em 1º de outubro de 1947. Ele estava internado desde quinta-feira e teve falência múltipla dos órgãos.

Sebastião Motta foi também um dos proprietários da General Novilar, outra empresa pioneira de Goiânia, que vendia eletrodomésticos nos anos 60 e 70. Foi uma das primeiras a comercializar aparelhos de TV no início dos anos 60. Nas vitrines da General Novilar os aparelhos ficavam em posição de destaque sobre alguns caixotes enfeitados, embora sempre desligadas, pois a programação das emissoras começava apenas às seis horas da tarde, quando as lojas fechavam as portas.

Sebastião Motta deixa a segunda esposa Elza Machado Motta. De seu primeiro casamento, com Margarida Motta, teve um filho único, Lucas de Melo Motta (já falecido). Deixa três netos e quatro bisnetos. O velório será na 1ª Igreja Presbiteriana de Goiânia a partir das 14 horas e o sepultamento acontece às 19 horas no Cemitério Jardim das Palmeiras.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.