Glaustin da Fokus pode ser candidato de Ronaldo Caiado a prefeito de Aparecida

O governador eleito tem como projeto fortalecer seu grupo político nas principais cidades de Goiás

Fotos: reprodução

Há comentários de que, se não for candidato a prefeito de Goiânia, Maguito Vilela (MDB) será candidato a prefeito de Aparecida de Goiânia. Não é o que se ouve do ex-governador. Aos aliados, que clamam por um posicionamento, o emedebista frisa, com todas as letras, que não será candidato em Aparecida e que apoiará a reeleição do prefeito Gustavo Mendanha (MDB).

No campo da oposição, há uma articulação relativamente discreta, mas os atores estão em campo. Quando inquirido, o empresário Glaustin da Fokus (PSC) fala o que todo político diz: vai permanecer na Câmara dos Deputados, em Brasília, de 2019 a 2022. Não é bem assim.

De fato, Glaustin da Fokus usou dinheiro pessoal para se eleger — não foi bancado financeiramente por terceiros. Mas sozinho, com seus 100.437 votos — 3,31% dos votos válidos —, não teria sido eleito deputado federal. Mais: Foi eleito, em larga medida, graças ao apoio da Igreja Assembleia Deus, uma das mais respeitadas facções evangélicas do país. Sem a Igreja, não teria obtido a metade dos votos que amealhou.

O destino político de Glaustin da Fokus, portanto, não depende só dele. A Assembleia de Deus e um grupo de empresários — como Sandro Mabel — têm interesse e influência nos seus projetos. Por isso, se bancado pelo governador eleito de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), pode disputar a Prefeitura de Aparecida de Goiânia.

Colocar um pé em Aparecida de Goiânia, além do fato em si de conquistar a segunda cidade de Goiás com maior eleitorado — quase 400 mil —, se eleger o prefeito, o grupo de Ronaldo Caiado e Iris Rezende, prefeito de Goiânia, conseguiria reduzir a força política do deputado federal Daniel Vilela, presidente regional do MDB, e do ex-prefeito Maguito Vilela.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.