Gilberto Kassab pode apoiar Marta Suplicy para prefeita de São Paulo

O ministro gostaria de bancar Andrea Matarazzo, do PSDB. Mas o governador Geraldo Alckmin apoia João Dória

Gilberto Kassab e Marta Suplicy

A “Folha de S. Paulo” de sexta-feira, 15, informa que o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD, pode apoiar a candidatura da senadora Marta Suplicy, do PMDB, a prefeita de São Paulo. Ele não estaria “disposto a apoiar um candidato do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, do PSDB (Kassab sempre foi ligado ao senador José Serra). O pré-candidato de Alckmin é João Dória. Kassab não teria dificuldade em apoiar o vereador Andrea Matarazzo, do PSDB.

“O apoio do PSD, que detém a quinta maior bancada da Câmara dos Deputados, é considerado estratégico pelo PMDB, que trabalha para aumentar o tempo de propaganda destinado ao partido”, escreve a “Folha de S. Paulo”.

Kassab e Marta Suplicy se reuniram, no fim de 2015, e devem se encontrar em fevereiro, para discutir a possibilidade real de aliança para a disputa de 2 de outubro deste ano. O presidente da Fiesp, Paulo Skaf, é a ponte entre o pessedista e a peemedebista.

A “Folha” lembra que, em 2008, Marta Suplicy atacou Kassab, com insinuações, do tipo: “É casado? Tem filhos?”. A maldade não adiantou: Kassab, então apoiado pelos tucanos, ganhou a eleição para prefeito de São Paulo. Era filiado ao DEM.

Ainda que compondo o governo do PT, Kassab já avisou que não apoiará a reeleição do prefeito Fernando Haddad (PT).

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.