Ex-deputado e vereadores do PMDB invadem UPA em Catalão e são denunciados por médicos e servidores

Fernando Netto e vereadores pretendiam dizer que a UPA não funciona. Descobriram que funciona. E quem diz isto são médicos e servidores

Catalão UPA crise 1

Políticos, empresários e médicos contam que o ex-deputado estadual Fernando Netto (ex-PMDB, ex-PSC, ex-PSDB, ex-DEM, ex-PSB) e quatro vereadores do PMDB invadiram aos gritos na tarde de quarta-feira, 8, a UPA recém inaugurada pelo prefeito tucano Jardel Sebba com o propósito de denunciar que a unidade de saúde não estaria funcionando a contento. “Deram com os burros n’água”, frisa um médico.

Catalão UPA crise 2

A UPA de Catalão, uma das maiores do Brasil, atendia a população a todo vapor, com eficiência e organização. Devido a algazarra e o desrespeito com pacientes que se encontravam na unidade, médicos e servidores chamaram a polícia, que prontamente retirou o barulhento grupo do local. Segundo moradores da cidade, Fernando Netto e os vereadores Jurandir, Paulinho, Daniel do Floresta e Deusmar “estariam com dor de cotovelo com a vistosa obra de Jardel Sebba, tanto que, depois da fracassada performance, foram afogar as mágoas num bar nas proximidades da UPA”.

Fernando Netto é cotado para ser vice de Adib Elias. Isto, claro, se o peemedebista aceitá-lo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.