Equipe de Iris Rezende diz que Paulo Garcia vai deixar dívida de 1 bilhão e não vai pagar servidores

Iristas sugerem que não haverá caça às bruxas, mas todas as informações sobre possíveis rombos serão repassadas ao Ministério Público

Iris Rezende e Paulo Garcia | Foto: reprodução

Iris Rezende e Paulo Garcia | Foto: reprodução

O prefeito eleito de Goiânia, Iris Rezende (PMDB), está dizendo aos aliados que o prefeito Paulo Garcia (PT) não deverá pagar o salário de dezembro ao funcionalismo público e deverá deixar um papagaio de 1 bilhão de reais. Curiosamente, o peemedebista sênior não nomina o petista — sempre diz: “Aquele lá, o do PT”.

Iristas dizem que Iris, embora “não” pretenda promover caça às bruxas, vai deixar o caminho livre para o Ministério Público denunciar, se quiser, o prefeito Garcia. Fala-se em ralos gritantes em vários setores, como saúde e coleta de lixo. Além de problemas sérios com as construtoras da capital, que teriam se tornado “donas” da cidade.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.