Entorno de Brasília quer indicar o vice da chapa governista em 2018, diz o deputado Célio Silveira

Célio Silveira e Lêda Borges: dois nomes que estão cacifados para  compor a chapa majoritária da base governista na eleição de 2018

Célio Silveira e Lêda Borges: dois nomes que estão cacifados para
compor a chapa majoritária da base governista na eleição de 2018

O deputado federal Célio Silveira (PSDB) disse ao jornal Opção na sexta-feira, 4, que, “com seus 700 mil eleitores, o Entorno de Brasília vai reivindicar a vice na chapa do candidato a governador da base marconista em 2018. Há uma consciência política cristalizada de que o Entorno deve participar da chapa majoritária. Os líderes da base precisam, portanto, pensar nisto”.

Mas o Entorno tem nomes consistentes para a vice? “Claro que tem. Cito dois nomes, o meu e o da secretária Lêda Borges, mas poderia citar vários outros. Lêda Borges é uma grande e admirável liderança, tanto que contribuiu, de maneira decisiva, para a eleição de Pábio Mossoró para prefeito de Valparaíso. Uma coisa é certa: o Entorno do DF ajudou a decidir as últimas cinco eleições para o governo do Estado, favoravelmente à base marconista, desde 1998. Portanto, precisa ser contemplado com mais espaço. Um vice poderá trabalhar mais para aumentar a segurança pública e pela construção de um hospital regional na região.”

Célio Silveira afirma que, “no momento, o nome colocado para a disputa do governo é o de José Eliton. Mas, para ganhar a eleição, será preciso trabalhar muito. É preciso chamar os companheiros e pedir o apoio de todos. Os deputados federais querem chances iguais e refutam o apoio a apenas um candidato, como ocorreu em eleição anterior”.

Dono de um imenso capital eleitoral, pois contribuiu para a eleição de prefeitos em mais de 15 cidades — não apenas no Entorno de Brasília —, Célio Silveira garante que não recebeu convite para assumir uma secretaria (a de Saúde, por exemplo) no governo de Marconi Perillo.

“Se receber, apesar de honrado pelo convite, não aceitarei. Ajudo muito mais aos municípios se permanecer na Câmara dos Deputados, por meio de emendas, e também mantenho bom relacionamento no governo federal.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.