Encontro do PSD Mulher debate a força da atuação feminina na política

“Precisamos lutar por uma sociedade justa. O caminho é a inclusão, o PSD busca oportunizar as mulheres guerreiras e dar mais condições as pessoas”, diz Ludmylla Damatta

Vilmar Rocha com líderes e militantes do PSD

O Encontro Estadual do PSD Mulheres foi realizado na terça-feira, 11, no diretório-sede do partido. O evento, que contou com cerca de 300 pessoas, abordou a importância da atuação das mulheres na política, principalmente nas eleições de 2018.

O encontro teve a participação de grandes lideranças do partido, vereadoras, prefeitas, vice-prefeitas e presidentes de diversos segmentos femininos. Foi uma manhã de interação, onde foi discutida uma nova forma de fazer política — íntegra e igualitária.

Para o presidente estadual do PSD em Goiás, Vilmar Rocha, a participação das mulheres é essencial no meio político. “Política é cuidar de gente. E para cuidar de gente é preciso ter sensibilidade. As mulheres são fortes, guerreiras, mas também sensíveis às questões humanas. O Brasil estaria bem melhor se tivesse uma maior participação das mulheres na política.”

A presidente estadual do PSD Mulher, Bianca Soares, frisou o valor da atuação feminina na política e na conquista de seus direitos. Para ela, é preciso buscar uma nova política para país, com honestidade e respeito aos nossos cidadãos.

A prefeita de Santa Rita do Araguaia, Tânia Salgueiro, representou as prefeitas do partido abordando o potencial das mulheres para assumir cargos de poder no país. “Temos que lutar para termos qualidade de vida, estamos aqui para somar. A política pode transformar a vida das pessoas, o PSD acreditou no meu projeto político e me deu voz para realizar esse sonho”, argumentou.

Segundo a ex-deputada estadual Laudeni Lemes, as mulheres precisam reconhecer sua importância em todo o cenário mundial, principalmente na política, acreditando que com perseverança é possível chegar à vitória, conquistando uma sociedade igualitária entre homens e mulheres.

A presidente do PSD Mulher em Goiânia, Ludmylla Damatta, falou do poder da mulher atualmente como força econômica, política e demográfica. “Somos a maioria, precisamos lutar por uma sociedade mais justa. O único caminho é a inclusão, o PSD busca oportunizar as mulheres guerreiras e dar mais condições as pessoas”, acrescentou.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.