Turmas do PSDB usufruem do governo Michel Temer, pois estão casadas com suas estruturas, mas querem levar vida de solteiras.

A tese é a seguinte: o PSDB quer sugar o governo de Michel Temer ao máximo, para ampliar suas estruturas políticas e financeiras nos Estados, e depois largá-lo na chapa, em 2018.