Em busca da figura do novo Jânio Darrot, eleitor de Trindade pode apostar em Marden Júnior

Os eleitores de Trindade ainda não definiram o seu voto. Mas costumam priorizar aquele candidato que tem a imagem de administrador e seu modelo de gestor é Jânio Darrot

Há três questões cruciais sobre a política de Trindade. Primeiro, os eleitores (são 84.176) costumam surpreender aqueles que acreditam que um pleito está decidido antes da votação. Segundo, os moradores da cidade têm o hábito de priorizar para prefeito aquele político que tem a imagem de gestor. Terceiro, o maior “general” eleitoral do município é o prefeito e empresário Jânio Darrot, do PSDB (o segundo é a deputada Flávia Morais, do PDT).

Políticos de outras cidades, ainda que tenham presença sedimentada em termos estaduais, não têm, no geral, influência no pleito de Trindade. Por isso, Jânio Darrot é considerado, tanto por aliados quanto por adversários, como o elemento decisivo da política local. Poucas vezes um político do município teve tanta identidade com a população. Por ser político? Na verdade, por dois motivos. Primeiro, por ser um gestor competente, que, em sete anos e dez meses, reorganizou a prefeitura e recolocou Trindade na rota do desenvolvimento. Segundo, porque tem preocupação genuína com as pessoas, buscando atendê-las com a maior presteza possível, tanto na área de saúde e educação quanto em termos de outros serviços da prefeitura.

Jânio Darrot e Marden Júnior: de gestor para gestor | Foto: Divulgação

Neste momento, o deputado estadual Antonio Carlos Caetano de Moraes, conhecido como Dr. Antônio, do partido Democratas, lidera as pesquisas de intenção de voto — seguido por George Morais (ninguém acredita que sua campanha chegue ao dia 15 de novembro), do PDT, e Marden Júnior, do Patriota.

A eleição está nas mãos de Dr. Antônio? Ainda que não se possa negar seu favoritismo, na circunstância, é preciso indicar que o pleito não está decidido. Um dos motivos é que o Pelé da política de Trindade, Jânio Darrot, “entrou” em campo, e está trabalhando, em tempo integral, pela candidatura de Marden Júnior.

Percebe-se que os eleitores estavam, digamos, “suspensos”. Na dúvida, colocaram Dr. Antônio em primeiro lugar. Mas, com Jânio Darrot 100% na campanha de Marden Júnior, há indícios de mudança, que as pesquisas tendem a captar aos poucos. Há eleitores, em qualis, que afirmam que o voto em determinado candidato ainda não está definido. Trata-se de um voto tipicamente inercial e, portanto, cambiável. Quando começarão a decidir o voto? Experts em política de Trindade dizem que, a partir do dia 31 de outubro, a 15 dias das eleições, os eleitores realmente começarão a definir, e aí de maneira incontornável, em quem vão votar.

Dr. Antônio de Moraes: candidato pelo DEM | Foto: Divulgação

No momento, os eleitores estão discutindo se mantêm um aliado de Jânio Darrot na prefeitura — de uma gestão que garantiu o desenvolvimento de Trindade, gerando empregos e melhorando a renda das pessoas — ou se partem para uma aventura. Não se trata de sugerir que Dr. Antônio é um aventureiro, e sim de que não tem ampla experiência administrativa. Se eleito, terá de aprender a gerir no comando da prefeitura — quando é assim, costumeiramente, se perde os dois primeiros anos. Quando se aprende, aos trancos e barrancos, a administração está quase no fim. É provável que os eleitores temam que Dr. Antônio se torne uma espécie de Ricardo Fortunato um pouco mais velho.

Marden Júnior, por seu turno, tem experiência? Dois fatos pesam a seu favor. Primeiro, tem como patrono político Jânio Darrot, um gestor nato, tanto no setor público, na prefeitura, quanto na iniciativa privada. Segundo, foi titular de uma das mais importantes secretarias da gestão de Jânio Darrot. Marden Júnior conhece como poucos a realidade da prefeitura. Outros candidatos, e até mesmo George Morais — que foi prefeito e parece viver no passado —, não têm noção precisa do quadro real da Prefeitura de Trindade. Na campanha, falam de uma cidade que não existe mais, que já evoluiu. Fica-se com a impressão de que, na realidade, querem, não incentivar, e sim retardar o seu desenvolvimento. “Marden é o nome preciso para melhorar ainda mais o presente da população de Trindade e garantir um futuro moderno para todos”, afirma um vereador.

Os eleitores de Trindade, ao priorizar aquele político que é considerado gestor, sugerem que o modelo que aprovam é Jânio Darrot. Como se sabe, o candidato de Jânio Darrot a prefeito é Marden Júnior, que foi escolhido exatamente por ter se mostrado um dos secretários-gestores mais eficientes da equipe do prefeito.

O quadro eleitoral de Trindade está aberto, até abertíssimo. As atuais pesquisas refletem o quadro do momento, mas há possibilidade de mudança. Tende a perder aquele que já se avaliar como eleito — estando, inclusive, montando secretariado e oferecendo cargos para aliados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.