Em 2018 tende a ser eleito o candidato que se apresentar como continuidade de Marconi Perillo

Tese de peemedebistas, caiadistas e petistas: em 2018, sem Marconi Perillo na disputa pelo governo do Estado, todos os candidatos “são japonseses”.

Tende a ganhar o que candidato que se apresentar como continuador do processo de modernização. Aquele se apresentar como agente da ruptura tende a ser derrotado.

Marconi é como Lula da Silva no país. Um mito, ou quase um mito.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.