Eleitores podem varrer o PSD do mapa político do Entorno de Brasília

O PSD dos secretários Vilmar Rocha e Thiago Peixoto corre o risco de ser varrido do mapa político do Entorno de Brasília depois das eleições de 2016.

O prefeito de Luziânia, Cristóvão Tormin, não deve ser reeleito — tal a sua rejeição. O favorito é Marcelo Melo, do PSDB do deputado Célio Silveira.

O prefeito de Formosa, Itamar Barreto, faz uma gestão bisonha, tão desgastada que até seus aliados sublinham que, direta ou indiretamente, será o principal cabo eleitoral do deputado Ernesto Roller, que deve ser candidato a prefeito pelo PMDB.

Em Cristalina, dado seu imenso desgaste, o prefeito Luiz Carlos Attié dificilmente conseguirá fazer o sucessor. O favorito é o oposicionista Daniel do Sindicato.

Até por não ser político, e não gostar de política, Attié devastou a base do PSD em Cristalina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.