Eleitores de Porangatu já chamam Pedro Fernandes de Pedro Prefeito. Eronildo diz que está no páreo

O prefeito peemedebista permanece poucos pontos atrás do tucano, mas sua rejeição parece intransponível

Marconi Perillo, Pedro Fernandes e Júlio da Retífica: pacto com o deputado e o governador para recuperar Porangatu | Foto: divulgação

Marconi Perillo, Pedro Fernandes e Júlio da Retífica: pacto com o deputado e o governador para recuperar Porangatu | Foto: divulgação

Em Porangatu, nas ruas, as pessoas dizem: “Pedro Prefeito”, como se Prefeito fosse o novo sobrenome de Pedro Fernandes, o candidato do PSDB a prefeito.

Há um movimento espontâneo na cidade, sem nenhum cunho partidário, que prega que “não aguenta” mais o prefeito Eronildo Valadares, do PMDB. As pessoas dizem que, embora ninguém pensasse que poderia ocorrer isto, o peemedebista praticamente reabilitou o ex-prefeito José Osvaldo.

As pessoas não dizem que Eronildo Valadares é desonesto, e sim que é incompetente e não tem qualquer sintonia com a cidade.

Porém, apesar de sua alta taxa de rejeição, Eronildo Valadares continua dizendo que será reeleito. Ou o prefeito é muito bem informado, e suas pesquisas são altamente confiáveis, ou se trata mesmo de um nefelibata. As pesquisas Serpes, divulgadas pelo jornal “O Popular”, mostram Pedro Fernandes sempre em primeiro lugar, embora a diferença não seja muito grande. Mas os tucanos acreditam num voto silencioso que, quem sabe, dará uma frente maior ao postulante bancado por Júlio da Retífica.

Uma coisa é certa: Eronildo Valadares tem muito dinheiro — seu patrimônio declarado é de 24 milhões de reais — e os tucanos temem um “derrame” de notas pequenas, médias e até graúdas na última hora.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.