Eduardo Bolsonaro resiste mas acaba tomando vacina contra Covid-19

O deputado federal escolheu o ministro da Saúde para vaciná-lo. Mas o médico Marcelo Queiroga usa máscara e o caubói de Marlboro não usa

Até os caubóis de Marlboro da família Bolsonaro têm medo de morrer. O irredutível deputado federal Eduardo Bolsonaro, espécie de Olavo de Carvalho da política patropi, decidiu se vacinar contra a Covid-19. E escolheu para vaciná-lo o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Há alguns meses, Eduardo Bolsonaro disse para as pessoas “enfiarem a máscara no rabo”.

No vídeo postado nas redes sociais, Eduardo Bolsonaro, conhecido como 03 do presidente Jair Bolsonaro, sustenta que o pai é responsável pela vacinação dos brasileiros.

Marcelo Queiroga (seguindo os protocolos médicos) e Eduardo Bolsonaro (vacinado, mas sem usar máscara) | Foto: Reprodução

O vídeo (e a foto) mostra que Marcelo Queiroga não comunga inteiramente com o ideário bolsonarista. Tanto que usa máscara e luvas ao vacinar Eduardo Bolsonaro.

Conta-se, nos bastidores de Brasília, que o ministro adotou uma tática que tem funcionado. Publicamente, diz aquilo que agrada a Bolsonaro. Mas, internamente, trabalha pela vacinação em massa e é rigoroso com o uso de máscara no Ministério da Saúde. A tese é que, se enfrentar o presidente em público, se tornará mais um ex-ministro. Trabalhando em silêncio, vai comprando vacinas e vacinando os brasileiros (quase 60% já receberam a primeira dose).

Marcelo Queiroga é o Tarcísio de Freitas da Saúde. O ministro tem mostrado eficiência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.