Duas mulheres devem comandar o PT de Goiás e de Goiânia

Kátia Maria e Adriana Accorsi são apontadas pelos militantes como políticas renovadoras, competentes e íntegras

Adriana Accorsi e Kátia Maria dos Santos: dois nomes fortes e renovadores do PT em Goiás

Em maio deste ano, o PT em Goiás organiza congresso para renovar o Diretório Estadual. O nome mais cotado para presidi-lo é o de Kátia Maria Santos, ligada à tendência PT Pra Vencer, cujos nomes mais expressivos em Goiás são o deputado federal Rubens Otoni e o vereador Antônio Gomide, de Anápolis.

A tendência é que Kátia Maria seja o nome de consenso. Mas a esquerda pode bancar Tales de Castro, mais para fazer figuração; ganhar a disputa de uma militante bancada por Rubens Otoni é praticamente impossível. O grupo do ex-prefeito de Goiânia Paulo Garcia tende a apoiá-la.

Para o Diretório Metro­politano, dirigido pelo deputado estadual Luis Cesar Bueno há seis anos, a candidata favorita é Adriana Accorsi. A deputada estadual é apontada como um nome de consenso e pode, inclusive, conquistar o apoio dos setores mais à esquerda. Mesmo sendo moderada, é vista como “avançada” pelos esquerdistas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.