Disputa na Fieg pode ser entre Wilson Oliveira e Antônio Almeida

Há quem aposte que os dois vão formatar uma chapa única. Almeida vai apresentar um plano de gestão 

Fotos: UEG e Fernando Leite/ Jornal Opção

Vice-presidente da Confedera­ção Nacional da Indústria (CNI), o empresário Paulo Afonso Ferreira, depois de passar por uma cirurgia, que o retirou por circulação por vários dias, afirma que não está participando das articulações para definir o candidato a presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg). “O comandante do processo é o presidente da Fieg, Pedro Alves de Oliveira”, afirma. “Li nos jornais que Antônio Almeida, Wilson Oliveira e Heribaldo Egídio estão articulando. São nomes qualitativos.”

Antônio Almeida disse ao Jornal Opção que trabalha para ser presidente da Fieg há alguns anos. “Na hora agá, aparece um companheiro e eu retiro a minha postulação. Amigos e aliados avaliam que chegou a minha vez. Vou apresentar um plano de gestão para os colegas, se eles aprovarem e avaliarem que posso ser o nome de consenso, então colocarei meu nome à disposição. Dirigir a Fieg é um sacerdócio, é preciso doar muito de si. O Pedro [Alves de Oliveira] faz um trabalho extraordinário, com extrema dedicação. Trata-se de um gestor de primeira linha, centrado, doa-se o tempo inteiro para a instituição. Meu relacionamento com ele é excelente.”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.