Diabetes leva a amputação de dois dedos de um pé do ex-governador Joaquim Roriz

Aos 81 anos, o ex-governador do Distrito Federal é paciente renal crônico

O ex-governador Joaquim Roriz e sua mulher, Weslian | Foto: Facebook / Liliane Roriz

A repórter Lilian Tahan, do portal Metrópoles, publicou a matéria “Joaquim Roriz tem dedos dos pés amputados por agravamento das diabetes”, na segunda-feira, 28. O ex-governador do Distrito Federal — por 14 anos (nomeado e, mais tarde, eleito) — e ex-interventor em Goiânia tem 81 anos. O goiano de Luziânia tem problemas renais e faz hemodiálise. Amigos dizem que ele está “muito abatido” e que tem problemas frequentes de memória.

A amputação de dois dedos de um pé foi feita no sábado, 19, no Hospital do Coração do Brasil. “A medida foi imprescindível porque a doença compromete a circulação, o que pode provocar necrose nas extremidades, exatamente o que ocorreu no caso do ex-governador”, assinala Lilian Tahan.

“Os médicos chegaram a tentar melhorar a condição de Roriz por meio da implantação de um stent, que desobstrui as artérias do corpo. O político também passou por uma terapia chamada oxigenoterapia hiperbárica. No procedimento, o paciente respira oxigênio puro enquanto é submetido a uma pressão de duas a três vezes a pressão atmosférica no interior de uma câmara. Isso provoca um aumento da quantidade de oxigênio transportado pelo sangue.”

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.