Até mesmo o deputado Major Araújo, que tinha o hábito de jogar tablets nos seus críticos, acalmou-se com a paz instalada pelo presidente

Presidente José Vitti | Foto: Ruber Couto

É consenso entre deputados das oposições e da situação: sob a gestão do presidente José Vitti, do PSDB, a Assembleia Legislativa de Goiás vive uma de suas melhores fases dos últimos anos.

Empresário, expert em gestão, José Vitti está reorganizando a Assembleia. Parlamentares, inclusive das oposições, afiançam que o presidente tornou o poder mais respeitável, inclusive mantendo sua autonomia. A voz das oposições tem sido respeitada, afirmam deputados do PMDB e do PT.

As votações são feitas em enrolação, com quórum quase sempre garantido nas sessões. Os projetos do governo às vezes ganham emendas que o tornam melhores e mais representativos daquilo que a sociedade espera.

Mesmo o Major Araújo, do PRP, que é visto como intratável pela maioria dos deputados, devido à sua agressividade, parece ter sido enquadrado pelo espírito democrático de José Vitti. O deputado Santana Gomes, do PSL, nem precisa mais desafiá-lo para duelos verbas. O deputado-militar nunca mais jovens tablets em colegas do Legislativo.