Deputado de São Paulo diz que, se quiser disputar a Presidência, não há como segurar Marconi Perillo

eduardo-cury

Eduardo Cury

O PSDB nacional constituiu uma comissão de 9 deputados federais para fazer um diagnóstico do desempenho eleitoral do partido, desde as eleições de 2008, em todos os Estados.

Em cada Estado, um deputado verificava: o desempenho do partido nas cidades com mais de 100 mil eleitores, nas cidades com mais de 100 mil habitantes e nas cidades em que há programa de televisão durante as campanhas.

Eduardo Cury, de São Paulo, foi o deputado federal escolhido para colher as informações sobre Goiás. Ele esteve em Goiânia e conversou demoradamente com a cúpula do PSDB. Depois de falar com Afrêni Gonçalves, esteve com o governador de Goiás, Marconi Perillo.

Numa conversa com integrantes do PSDB, Cury disse: “Marconi Perillo tem um nome respeitado nacionalmente, tanto como político como quanto gestor inovador e criativo. Portanto, não dá para ‘segurá-lo’ se quiser disputar a Presidência da República”.

Cury perguntou se havia um candidato definido para prefeito de Goiânia. Afrêni explicou que não e que o partido fará prévias. Porque há pelo menos três postulantes declarados: Jayme Rincón e os deputados Fábio Sousa e Waldir Soares.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.