Demóstenes Torres deve pedir exceção da verdade e apresentar provas contra Ronaldo Caiado no Supremo

O jornal “O Popular” errou ao publicar que o prazo para o ex-senador Demóstenes Torres (ex-DEM) responder à interpelação do senador Ronaldo Caiado (DEM) se encerrou na segunda-feira, 27. Na verdade, como foi citado nesta segunda, Demóstenes tem 10 dias de prazo para responder às indagações. Porém, considerando que interpelação não é processo judicial, deve esperar a ação, que foi prometida por Caiado.

Como Caiado é senador, Demóstenes deve pedir exceção da verdade e apresentar as provas do que sugeriu num artigo publicado no “Diário da Manhã” no Supremo Tribunal Federal.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.