De olho em 2022, Wilder terá candidatura mais consistente se tiver apoio de Caiado

O plano “A” é Iris Rezende. O Plano “B” é Zacharias Calil. Mas o plano “C”, Wilder Morais, pode acabar se tornando o “A”

O que o empresário Wilder Morais (PSC) gostaria mesmo de ser? Senador. Mas a eleição para o Senado só se dará em 2022, daqui a pouco mais de dois anos. Há um agravante: na próxima eleição, só uma vaga de senador estará em disputa — a hoje ocupada por Luiz Carlos do Carmo, do MDB (sondado pelo PSD, está próximo do PSC).

Portanto, o projeto de Wilder Morais passa pela Câmara dos Deputados. Mas, antes, é preciso constituir uma base política e eleitoral forte ao menos em uma grande cidade, como Goiânia — que tem quase 1 milhão de eleitores e, em 2018, foi decisiva para eleger tanto Zacharias Calil quanto Delegado Waldir Soares.

Se não for um fenômeno, como Zacharias Calil e Delegado Waldir, o político tem de se tornar muito bem conhecido na capital. Para tanto, tem de disputar eleição para prefeito, o que o ajudará a formatar uma base de apoio na cidade, notadamente em alguns bairros.

Portanto, Wilder Morais vai disputar a Prefeitura de Goiânia. Claro que quer ganhar a eleição. Mas, se não vencer, não tem problema: colocou um pé na capital. Ou seja, se tornará um político de Goiânia, pois hoje não é de lugar algum. Ganhará musculatura para a disputa de 2022, seja para senador ou para deputado federal.

Na eleição para prefeito, Wilder Morais, mesmo sabendo de suas dificuldades, não quer disputar apenas para fazer figuração. Ele avalia que, sendo o “novo”, o empresário que venceu fora da política, pode ter alguma chance.

Sobretudo, se for confirmado que Maguito Vilela será o candidato a prefeito pelo MDB, Wilder Morais espera obter o apoio do governador Ronaldo Caiado (DEM) para a disputa da Prefeitura de Goiânia. Se tiver, terá uma candidatura mais consistente, porque o gestor estadual é bem avaliado na capital.

O MDB só terá o apoio de Ronaldo Caiado em Goiânia se o candidato for o prefeito Iris Rezende. Se não for, não terá nenhum apoio.

Wilder Morais sabe que o pré-candidato a prefeito dos sonhos de Ronaldo Caiado é o deputado federal Zacharias Calil, do DEM. O médico e parlamentar fala que não quer disputar. Mas nada que uma boa conversa, mostrando como a disputa é importante para o projeto do governador em 2022, não possa demovê-lo.

Zacharias Calil, se Vanderlan Cardoso não for candidato, tende a polarizar com Maguito Vilela, se este for o candidato do MDB. Por dois motivos. Primeiro, porque tem cacife próprio, pois é muito bem avaliado em Goiânia, onde obteve quase 100 mil para deputado estadual, sem fazer nenhum esforço. Segundo, com o apoio do governador Ronaldo Caiado, ganha uma estrutura política adequada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.