O candidato do PR a governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, mesmo sob pressão da Justiça Eleitoral, que o aponta como ficha suja, portanto com a candidatura cassada, permanece como líder nas pesquisas. O último levantamento do Datafolha aponta Arruda com 37% das intenções de voto, enquanto o segundo colocado, o governador Agnelo Queiroz, do PT, tem 19% – um ponto mais do que o senador Rodrigo Rollemberg (foto acima), do PSB, que tem 18%. Na prática, os dois estão empatados. Juntos, têm o mesmo percentual de Arruda – 37%. Toninho (PSol) tem 4%; Luiz Pitiman (PSDB), 4%; branco/nulo,  8%; não sabe/não respondeu, 10%. Os dados garantem o segundo turno.

O Datafolha simulou o segundo turno. Arruda ganha de Agnelo no segundo turno – 49% a 30%. Mas Arruda perde de Rollemberg, por 43% a 42%. Curiosamente, trata-se de um quadro parecido com o nacional. No momento, a presidente Dilma Rousseff, do PT, lidera, com Marina Silva, do PSB, em segundo lugar. No entanto, no segundo turno, as coisas se invertem e Marina aparece na liderança.

A margem de erro da pesquisa do Datafolha é de 4%. Foram ouvidos 765 eleitores do DF, entre os dias 8 e 9 de setembro. A TV Globo encomendou a pesquisa, que está registrada na Justiça Eleitoral.