Cúpula do PSDB organiza reunião para unir grupo e lançar candidato a prefeito de Anápolis

O médico Samuel Gemus e o empresário João Gomes comeram a picanha da paz e asseguram que vão marchar unidos em outubro

Arestas políticas no PSDB estavam travando a formatação de uma chapa “competitiva” para prefeito de Anápolis. Mas, num encontro, o ex-prefeito João Gomes e o presidente municipal do partido, o médico Samuel Gemus, decidiram colocar as diferenças de lado e atuar em bloco para unir o partido, com objetivo de lançar candidatura própria a prefeito, lastreado por uma chapa de vereadores composta por lideranças que não faziam parte do ninho tucano.

Presidente estadual do PSDB, Jânio Darrot tem conversado com os principais líderes da legenda no município e pedido para que coloquem à mesa os projetos de cada um para encontrar pontos convergentes. O resultado deste trabalho é a união dos grupos representados por Samuel Gemus, pelo casal Adhemar e Onaide Santillo, por João Gomes e por Maristela Rodrigues.

Jânio Darrot, presidente do PSDB estadual, Samuel Gemus, presidente do PSDB de Anápolis, e o empresário João Gomes, pré-candidato a prefeito | Fotos: Jornal Opção e reprodução

“O PSDB não é um partido de aluguel. Temos história, uma extensa ficha de serviços prestados por Anápolis, por Goiás e pelo Brasil. Nosso DNA é marcado pela pluralidade de ideias e por encontrar caminhos convergentes. Não será diferente em Anápolis”, sublinha Jânio Darrot.

João Gomes tende a ser o candidato do partido. Pelo menos o político do partido que mais está dialogando com as lideranças políticas locais.

O prefeito Roberto Naves, do PP, e Antônio Gomide, do PT, são, hoje, os nomes mais fortes para a disputa. O MDB deve bancar o dentista e empresário Márcio Corrêa. O delegado aposentado da Polícia Federal Humberto Evangelista é o nome do PSD no município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.