Contra o desastre de José Osvaldo e Eronildo, eleitor de Porangatu pode apostar em Júlio da Retífica

Eronildo Júlio

Na tentativa de tirar Eronildo da prefeitura, Júlio da Retífica pode ser o escolhido pelo eleitor

O prefeito Eronildo Valadares, do PMDB, era a grande esperança dos eleitores de Porangatu. Tanto que, depois de anos de reinado do PSDB, deram-lhe uma vitória acachapante contra a tucana Gláucia Melo, uma candidata popular e consistente.

Três anos depois, o que há é uma cidade decepcionada, que se avalia como iludida pela imagem que Eronildo Valadares projetava como administrador eficiente na iniciativa privada. Hoje, sem dúvida, há um consenso entre a oposição e mesmo entre alguns aliados do prefeito: sua gestão não funciona. O peemedebista é bem intencionado, não é corrupto, mas não consegue sair do lugar. Fica-se com a impressão que se preocupou apenas em ajustar a máquina — liquidada por gestões propositadamente incompetentes de José Osvaldo, ex-PSDB — e, talvez acreditando na reeleição, “deixou” para fazer obras de porte no segundo mandato. Ele tem algumas coisas para exibir, mas, ante o que se esperava dele, é pouco, até muito pouco.

Os eleitores contam os dias para retirar Eronildo Valadares da prefeitura. É provável que, na eleição de 2 de outubro deste ano, “usem” o tucano Júlio da Retífica parar retirá-lo do poder e devolvê-lo aos seus negócios, na iniciativa privada, onde funciona bem mais do que na área pública.

Depois das gestões apocalípticas de José Osvaldo e Eronildo Valadares, não há como contestar: as duas gestões de Júlio Sérgio de Melo, o Júlio da Retífica, foram de primeira linha.

Há possibilidade de uma terceira via? Sempre há. Mas, ante o caos de José Osvaldo e Eronildo Valadares, é provável que o eleitor opte por ficar com um político mais tradicional, mas que funciona, como Júlio da Retífica. Os eleitores parecem cansados de pirotecnias e querem “retificar” o erro de 2012.

O advogado Robledo Rezende sempre diz ao Jornal Opção que os eleitores estão à espera da renovação, de um nome alternativo. Talvez tenha razão. Porém, no momento, o tucano larga na pole, sem ameaças consistentes por perto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.