“Tarcísio [de Freitas] pôs para andar o projeto da concessão do corredor rodoviário de grãos entre Anápolis, em Goiás, e Aliança do Tocantins”

A coluna “Radar”, assinada pelo repórter Robson Bonin, informa que o “ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, recebeu do presidente uma dura missão: convencer Ronaldo Caiado a reatar o namoro com Bolsonaro”.

Ronaldo Caiado e Jair Bolsonaro: se depender do presidente, o relacionamento anterior será restabelecido | Foto: Reprodução

Bonin acrescenta: “No papel de cupido, Tarcísio pôs para andar o projeto da concessão do corredor rodoviário de grãos entre Anápolis, em Goiás, e Aliança do Tocantins — menina dos olhos de Caiado”.

A revista frisa que Tarcísio de Freitas, conhecido como o ministro que desburocratiza, “apresentou seu pacote de concessões a 92 fundos estrangeiros. Ouviu muitas promessas para o pós-crise”.

A aliados e auxiliares, Bolsonaro costuma dizer que Caiado é um político raro, republicano e decente. Porque joga para o Estado de Goiás, nunca para si, quando solicita alguma coisa ao governo federal.