Integrantes do PSB reclamam que Vanderlan Cardoso viaja demais e fica inacessível.

Mesmo quando viaja para a Bahia, que fica no Brasil e é alcançável por telefone, não atende aos aliados.

Os aliados dizem assim: “Se ainda não foi eleito, e já se comporta assim, imagine se for eleito”. Há quem diga que prioriza mais seus negócios do que a vida política.