Alexandre Baldy e Abraham Weintraub se atacam, duramente, no Twitter

O ex-ministro das Cidades respondeu, atacando, o ex-ministro da Educação, que antes havia atacado o político goiano

João Doria e Rodrigo Maia: a foto que provocou a fala de Abraham Weintraub | Foto: Governo de São Paulo

O ex-presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (ex-DEM), de 51 anos, é o novo secretário de Projetos e Ações Estratégicas da gestão do governador de São Paulo, João Doria (PSDB). Na prática, sua função será eminentemente política: costurar uma base de política nacional para a candidatura do tucano a presidente da República, em 2022.

Pois, no Twitter, ao comentar a aliança entre Rodrigo Maia e João Doria, o ex-ministro da Educação Abraham Weintraub disse, ironicamente: “Que foto maravilhosa. Parabéns, governador. Uma demonstração de sua excelente gestão, liderança e honestidade! O Rodrigo Maia é a sua cara”. Em seguida, partiu para o ataque contra o presidente do partido Progressistas em Goiás, Alexandre Baldy, também secretário do tucano paulista: “Aproveitando: como está a situação de seu outro secretário, o Baldy? Ele havia sido preso e o STF soltou…”.

Alexandre Baldy reagiu rápido, no Twitter: “Sobre mim, fique tranquilo, pois sigo provando minha inocência com transparência e sem medo de enfrentar sujeitinho mau caráter como você. Preocupe-se com você, que teve de sair correndo do país para se esconder. Não será só a compra de computadores do MEC o seu problema…”.

O ex-ministro Abraham Weintraub respondeu a 60 interpelações judiciais — inclusive por racismo — e ainda responde a uma ação no Supremo Tribunal Federal. Baldy, por sinal, não foi condenado em nenhum processo. Weintraub ganhou um cargo no Banco Mundial, sob indicação do presidente Jair Bolsonaro, mas, até agora, não se sabe o que ele realmente faz nos Estados Unidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.