Adriana Accorsi mostra que tem conteúdo mas PT e Paulo Garcia prejudicam sua campanha

Os problemas de Adriana Accorsi não são dela. Mas grudam na sua candidatura, o que é injusto

deivison-da-costa.adriana-accorsijpg

O comentário geral das eleitoras é que o botox — na verdade, no plural — de Adriana Accorsi, candidata do PT a prefeita de Goiânia, “não ficou legal”.

Mas uma coisa é certa: se não fosse o PT e o desgaste do prefeito Paulo Garcia (que é melhor do que sua imagem cristalizou), Adriana Accorsi teria condições de disputar de igual para igual com Iris Rezende, Delegado Waldir e Vanderlan Cardoso. Seu programa contém certa consistência e ela se expressa bem, sempre com seriedade. Só precisa ficar menos carrancuda. Seriedade nem sempre é sinônimo de cara fechada, amarrada.

Adriana Accorsi também escolheu vice que não tem nada de qualitativo. Deivison Costa nada acrescenta de positivo para sua campanha. (Eles aparecem juntos na foto acima.)

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.