6 políticos que vão deixar o governo de Caiado pra disputar mandato de deputado em 2022

José Vitti, Lineu Olímpio, Luiz Sampaio, Marcos Cabral, Renato de Castro e Rogério Troncoso devem disputar vaga na Assembleia Legislativa

É provável que mais auxiliares do governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), deixem o governo, até 4 de abril de 2022, para disputar mandato de deputado federal e estadual. Mas seis nomes estão praticamente definidos que sairão da gestão estadual. Lívio Luciano, por exemplo, é cotado para disputar mandato de deputado estadual, mas pode acabar optando por coordenar as campanhas dos candidatos do partido Democratas. Por isso não é listado. Fala-se que o secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda — pesquisas o apontam como bem avaliado —, pode disputar mandato de deputado federal. Mas o delegado da Polícia Federal aposentado não confirma. Comenta-se que Pedro Sales, da Goinfra, também pode disputar. Ele teria dito que não tem projeto político para 2022. Mas admitiu que pode ter para 2026.

Confira a lista de seis pré-candidatos
José Vitti

José Vitti| Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Secretário da Indústria e Comércio do governo do Estado, foi deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa de Goiás. É apontado como um dos favoritos para a disputa de deputado estadual. Se o deputado Lissauer Vieira ficar na vice de Ronaldo Caiado — o vice será Lissauer Vieira ou Daniel Vilela —, ele vai disputar mandato de deputado federal. É uma das principais apostas do DEM.

Lineu Olímpio

Lineu Olímpio, presidente da Ceasa | Foto: Vasconcelos Neto

O ex-presidente do PTB é presidente da Ceasa. Político experimentado, foi prefeito de Jaraguá, vai disputar mandato de deputado estadual. Talvez pelo DEM.

Luiz Sampaio

Luiz Sampaio: político de Catalão | Foto: Reprodução

Diretor da Agência de Habitação (Agehab), é um nome forte de Catalão para deputado estadual. Mas não tem o apoio do prefeito Adib Elias — o maior general eleitoral do município.

Marcos Cabral

Marcos Cabral: líder em Santa Terezinha de Goiás| Foto: Reprodução

Assessor especial do governador Ronaldo Caiado. Os dois são amigos e é muito provável que seja o candidato no qual Ronaldo Caiado vai votar. Mas ainda não definiu 100% que será candidato. Falta-lhe estrutura. É do DEM. Dos históricos.

Renato de Castro

Renato de Castro, presidente da Codego | Foto: Reprodução

Presidente da Codego, o ex-prefeito de Goianésia certamente não disputará pelo MDB. Estaria a caminho do Democratas ou do Podemos. É um dos nomes mais fortes da base governista.

Rogério Troncoso

Rogério Troncoso | Foto: Reprodução

O assessor especial da Governadoria é cotado para disputar mandato de deputado estadual. Mas em Morrinhos o que se diz é que pensa dia e noite em voltar para a prefeitura do município, em 2024. Por isso pode sacrificar sua candidatura a deputado estadual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.