4 mosqueteiros lutam em Catalão para destronar Adib Elias mas já pensando em 2024

Uma curiosidade do pleito é que o candidato mais rico é do PT. Cardosão tem uma fortuna de 18 milhões de reais

Adib Elias: candidato à reeleição pelo Podemos | Foto: Reprodução

O prefeito de Catalão, Adib Elias, é bem avaliado como gestor e político pela população. É um caso raro: gestor e político com a mesma estatura. O segredo do líder do Podemos é não subordinar o gestor ao político, mas, ao mesmo tempo, não deixar de fazer política em tempo integral.

Elder Galdino: candidato a prefeito pelo MDB | Foto: Divulgação

Há um truísmo em política: gestores bem avaliados, que têm o que mostrar à sociedade, dificilmente perdem eleições. Daí o favoritismo de Adib Elias. Até adversários admitem, quando não estão fazendo política e tentando conquistar votos, que o ex-emedebista sabe conduzir a máquina pública e definir executar prioridades.

Entretanto, ainda que o prefeito seja bem avaliado, quatro mosqueteiros decidiram enfrentá-lo. Por três motivos.

Gustavo Sebba: candidato a prefeito pelo PSDB | Foto: Divulgação

Primeiro, como não há favas contadas em política, há quem aposte que será possível derrotar Adib Elias — no momento, apontado como favorito inclusive pelas oposições.

Segundo, há aqueles postulantes que se lançam para marcar posição e manter seus nomes na memória popular, tendo em vista que vão disputar mandato para deputado estadual em 2022. É o caso, para citar um exemplo, do deputado estadual Gustavo Sebba, do PSDB.

Terceiro, e talvez mais crucial, é muito provável que os candidatos estejam marcando posição em 2020 mas almejando se colocarem, desde já, para o pleito de 2024, quando Adid Elias — se reeleito em 2020 — não poderá disputar. Quem se colocar agora, estruturando um grupo e se apresentando bem para a sociedade, pode cair nas graças dos eleitores em 2024. O candidato do MDB, Elder Galdino, está de olho grande é no pós-Adib Elias. Para se fortalecer para o próximo pleito, planeja uma campanha aguerrida, quiçá com o objetivo de se apresentar como o Adib Elias de 2024.

José Cardozão | Foto: Reprodução

Sebastiao José Cardoso, o Cardosão, do PT, André Ribeiro Borges, do PSL, e Gustavo Sebba possivelmente pensam como Elder Galdino. Ou seja, estão de olho no pós-Adib Elias, mas estão se colocando desde já, firmando posição e se tornando mais conhecidos. Enfrentar Adib Elias — um gigante — é um handicap para a disputa seguinte.

André Ribeiro Borges, do PSL, e o Delegado Waldir Soares | Foto: Reprodução

As declarações de bens dos candidatos a prefeito de Catalão revelam algumas surpresas. O mais rico é Cardosão, com um patrimônio declarado de 18 milhões de reais. O detalhe é que o postulante mais burguês é filiado ao Partido dos Trabalhadores. Ele é fazendeiro e tem imóveis na cidade. O segundo mais rico é Elder Galdino, o postulante emedebista, com um patrimônio de 15,8 milhões de reais.

Adib Elias aparece em terceiro lugar, tendo declarado 3,1 milhões de reais em patrimônio. O empresário André Borges declarou 1,8 milhão de reais. O menos afortunado é Gustavo Sebba, com 820 mil declarados. Ele é filho de Jardel Sebba, um dos homens mais ricos do município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.