26 políticos que são grandes apostas do DEM pra deputado estadual em 2022

Álvaro Guimarães, José Vitti, Marcos Cabral, Renato de Castro e Dr. Antônio são apontados como candidatos fortes

Consta que Tancredo Neves, o sábio de Minas Gerais, dizia que, em política, não há cedo — só tarde. Os políticos goianos sabem disso. Portanto, a um ano, cinco meses e alguns dias das eleições de 2022 — “um pulinho”, dizem —, já estão costurando alianças e articulando a montagem das chapas para deputado estadual e federal. Como se sabe, há um problema: não há mais coligações partidárias e o Distritão dificilmente será aprovado. Portanto, cada partido, se quiser sobreviver, tem de cuidar da própria chapa. O Democratas começa a se estruturar, dialogado com os aliados e tentando conquistar novos aliados, para montar uma chapa consistente para deputado estadual. O Jornal Opção ouviu cinco integrantes do DEM e, partir do que disseram, elaborou uma lista com 26 nomes, dispostos a seguir, não em ordem de importância política, e sim meramente alfabética.

O Democratas terá 50 candidatos a deputado estadual e pretende lançar cerca de dez postulantes baseados em Goiânia. Qual é o propósito do partido? Obviamente, constituir uma base ampla. Por ter o governador do Estado, Ronaldo Caiado, o partido planeja eleger pelo menos dez deputados estaduais. Vários são apontados como “favoritos”, o que não significa que serão necessariamente eleitos.

A lista dos principais nomes do Democratas
1
Adélio Prado

Disputou a Prefeitura de Acreúna, não ganhou mas se tornou conhecido tanto na cidade quando nos municípios vizinhos. É ligado ao presidente da Assembleia Legislativa, Lissauer Vieira (PSB). Os dois devem dobrar em parte dos municípios do Sudoeste goiano.

2
Alex Godinho

É assessor do governador Ronaldo Caiado. É tido como articulado. É uma promessa política.

3
Álvaro Guimarães

O deputado estadual é apontado como um dos favoritos. Experiente, sua base política é a cidade de Itumbiara, mas tem votos em toda a região Sul.

4
Bruno Peixoto

O deputado se destacou como líder do governo na Assembleia Legislativa. É visto como firme, posicionado e, ao mesmo tempo, agregador. É cotado também para disputar mandato de deputado federal. Deve deixar o MDB no início de 2022, no período da janela partidária.

5
Chico KGL

Francisco Grimaldi de Lima, conhecido como Chico do KGL, é deputado estadual. Está na lista dos favoritos do partido. Mas há um problema: os partidos se preparam para lançar vários candidatos de Rio Verde — o que tende a prejudicar todos. Para ganhar, se o mercado político ficar inflacionado, os postulantes terão de buscar votos em outros municípios.

6
Desirée Peñalba Machado

Disputou mandatos e perdeu. Mas é uma política tão articulada quanto posicionada. É uma das apostas do partido em Goiânia.

7
Dioni Ikeda

O superintendente do Vapt Vupt é um político experiente, tendo sido prefeito de Inhumas. Em 2020, optou por não disputar mandato de prefeito. É visto como um executivo eficiente e dedicado.

8
Dr. Antônio Caetano

Foi candidato a prefeito de Trindade e, depois de aparecer em primeiro lugar por um bom tempo, nas pesquisas de intenção de voto, acabou sendo derrotado. Tem força política em Trindade e adjacências. Figura na lista dos favoritos do partido.

9
Flávia Cunha

Filha de Paulo Roberto Cunha, que foi prefeito de Rio Verde, deputado federal e candidato a governador, Flávia Cunha é apontada como uma das favoritas. Mas há dois discursos sobre a jovem. Em Rio Verde, afirmam que não será candidata. Em Goiânia, entre o Palácio das Esmeraldas e o Palácio Pedro Ludovico, há o consenso de que vai postular mandato em 2022.

10
Flávia Vilela

A dentista e ex-vereadora Flávia Resende Oliveira Vilela, conhecida como dra. Flávia, perdeu a eleição para prefeita de Mineiros. Mas é uma política respeitada no município e tende a ser bancada pelo deputado federal José Mário Schreiner. Mas precisa ter apoio para além de sua cidade, Mineiros.

11
Givago Valadares

O engenheiro é filho da prefeita de Porangatu, Vanuza Valadares. Apaixonado por política, nasceu para articular. Ele disse ao Jornal Opção que não decidiu o partido pelo qual irá disputar. Pelo DEM, não será fácil. Mas também não é impossível. Ele é ligado ao deputado federal José Nelto, do Podemos, e, sobretudo, ao senador Luiz Carlos do Carmo, do MDB (mas o jovem não se filiará neste partido).

12
Iso Moreira

O deputado estadual figura na lista dos favoritos. Espalhou-se o boato de que não disputará a reeleição. Procurado pelo Jornal Opção, disse: “Se Deus quiser, vou disputar mais um mandato em 2022”.

13
José Vitti

O secretário da Indústria e Comércio foi presidente da Assembleia Legislativa. Figura na lista dos favoritos. Tende a dobrar com Lissauer Vieira (vai a deputado federal) em alguns municípios, como Palmeiras de Goiás.

14
Lívio Luciano

Presidente do DEM metropolitano, é ligado ao governador Ronaldo Caiado e ao ex-prefeito de Goiânia Iris Rezende. Costuma sugerir que não pretende disputar. É um nome apontado como forte e respeitado.

15
Lucivaldo Medeiros

O presidente da Câmara Municipal de Rio Verde é ligado ao prefeito Paulo do Vale, do Democratas. O problema é que pode atrapalhar a reeleição de Chico do KGL.

16
Luiz Gustavo Sampaio

É apontado como o nome mais forte de Catalão, sobretudo se contar com o apoio do prefeito Adib Elias (que estaria pretendendo lançar a ex-deputada estadual Adriete Elias). Ele conta com estrutura em Ipameri e Pires do Rio.

17
Machadinho

O empresário Azarias Machadinho perdeu a eleição para prefeito de Uruaçu, mas por diferença mínima — apenas 218 votos. Na verdade, perdeu para a máquina pública dirigida pelo prefeito Valmir Pedro, que jogou pesado. Se disputar, é apontado como um dos favoritos.

18
Marcelo Melo

O ex-deputado federal pode sair eleito de Luziânia, cidade que tem mais de 100 mil eleitores. Mas ele, se for candidato, pretende buscar votos também em outros municípios, como Águas Lindas. Deve contar com o apoio do prefeito Diego Sorgatto, do Democratas.

19
Marcos Cabral

É um dos principais aliados e amigos do governador Ronaldo Caiado. Assessora o governador, mas o cargo não tem nenhuma importância. Marcos Cabral é um ás da articulação política. É citado com um dos favoritos.

20
Marcos do Detran

O advogado Marcos Roberto Silva é presidente do Detran. Não diz que é candidato, mas foi citado pelos entrevistados do governismo. Mais do que aliado, é amigo do governador Ronaldo Caiado. Se for candidato, entra, de cara, para a lista dos favoritos.

21
Miguel Marrula

O presidente da Metrobus representa um município eleitoralmente forte — Anápolis conta com 270 mil eleitores.

22
Rafael Raife

O advogado foi secretário de Esporte do governo de Ronaldo Caiado. Ele é um dos principais aliados do governador.

23
Renato de Castro

O ex-prefeito de Goianésia deve trocar o MDB pelo Democratas. Fez o sucessor no seu município, numa eleição muito disputada. Preside a Codego. É listado como um dos favoritos.

24
Sandes Júnior

Vereador por Goiânia, o ex-deputado federal é popularíssimo. Por falta de janela partidária para vereador, terá dificuldade de sair do Progressistas. Se conseguir que o PP não reivindique seu mandato, vai migrar para o Democratas. Figura na lista dos favoritos.

25
Túllio da Silva

Marco Túlio Pinto da Silva, o Túllio, não pôde disputar mandato de prefeito de Águas Lindas, em 2020, e permanece inelegível. Mas continua tentando resolver seu problema com a Justiça. Se conseguir, será candidato e figura entre os favoritos.

26
Wildes Cambão

O deputado estadual enfrenta um problema. Seu principal aliado, Cristóvão Tormin, deve ser candidato a deputado estadual pelo Progressistas. Se sair do PSD e se filiar ao DEM, acredita que terá mais chances de ser reeleito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.