12 grandes quedas de braço nas disputas de prefeituras em Goiás

Em cidades-chaves das regiões do Estado há candidatos consistentes bancados pelo governador Ronaldo Caiado

Políticos ligados ao governador Ronaldo Caiado e políticos das oposições travam batalhas renhidas em vários municípios de Goiás. Escolhemos 12 municípios, de regiões diferentes, para avaliar Na maioria, os candidatos bancados pelo governismo estão numa situação confortável. Mas é preciso ressalvar que as campanhas mal começaram e que só aos poucos os eleitores vão se manifestando, naturalmente à espera das propostas para poderem se posicionar.

1 — Goiânia 

A principal disputa está acontecendo em Goiânia entre os candidatos do MDB, Maguito Vilela, e do PSD, Vanderlan Cardoso | Fotos: Jornal Opção

O favorito, até o momento, é o candidato do PSD, Vanderlan Cardoso. O senador e empresário tem o apoio do governador Ronaldo Caiado, do Democratas. O segundo colocado nas pesquisas de intenção de voto é Maguito Vilela, do MDB, ex-governador de Goiás e ex-prefeito de Aparecida de Goiânia. Se nada mudar, os dois irão para o segundo turno, possivelmente colados um no outro.

2 — Anápolis

Roberto Naves e Antônio Gomide: adversários na eleição de Anápolis | Foto: Reprodução

A disputa é entre o prefeito Roberto Naves, do Progressistas, e o deputado estadual Antônio Gomide, do PT. Os dois tendem a ir para o segundo turno. A disputa deve ser uma das mais duras do Estado — com campanhas pesadas. Naves conta com o apoio do governador Ronaldo Caiado e no segundo turno tende a aumentar sua aliança política.

3 — Rio Verde 

Paulo do Vale: prefeito de Rio Verde | Foto: Reprodução

O prefeito Paulo do Vale, ligado a Ronaldo Caiado, é o favorito. Pertence ao Democratas. O MDB aposta na candidatura do médico Osvaldo Fonseca Júnior, numa aliança com o PSD de Juraci Martins. A campanha tende a pegar fogo. Até porque não tem segundo turno.

4 — Luziânia 

Diego Sorgatto: candidato a prefeito pelo Democratas | Foto: Fábio Costa/Jornal Opção

O deputado estadual Diego Sorgatto, do Democratas, é o favorito. Ele conta com o apoio de Ronaldo Caiado e do deputado federal Célio Silveira, do PSDB. Mas a prefeita Professora Edna Aparecida, do Podemos, não pode ser subestimada. Primeiro, é um fato novo. Segundo, está no comando de uma máquina poderosa. Trata-se de uma das disputas mais tensas do Entorno de Brasília.

5 — Águas Lindas 

Marco Tullio, candidato a prefeito pelo Democratas | Foto: Reprodução

A disputa na cidade do Entorno de Brasília está acirrada. Tullio (Marco Túlio Pinto da Silva), do Democratas, é apontado como favorito, mas enfrenta problemas judiciais. É o candidato de Ronaldo Caiado. Seu principal adversário é o médico Dr. Lucas da Santa Mônica (Lucas de Carvalho Antonietti). Embora esteja filiado ao Podemos do deputado federal José Nelto, a rigor não pertence à base do governador, pois é ligado ao ex-deputado federal Daniel Vilela.

6 — Itumbiara 

Gugu Nader: candidato a prefeito pelo PSL | Fernando Leite/Jornal Opção

O favorito é Gugu Nader, do PSL. É bancado pelo deputado federal Delegado Waldir Soares. O postulante do Democratas, empresário Dione Araújo, está na sua cola. O governador Ronaldo Caiado vai se empenhar, pessoalmente, na campanha.

7 — Goianésia

Pedro Gonçalves: candidato a prefeito pelo MDB | Foto: Reprodução

Pedro Gonçalves, do MDB, é o favorito. Ele conquistou o apoio dos empresários e políticos Jalles Fontoura e Otavinho Lage, do PSDB. A estrutura de sua campanha, financeira e política, é gigante. O prefeito Renato de Castro e Ronaldo Caiado bancam Leozão (Leonardo Silva Menezes), do Democratas. Não se deve subestimar a força política do gestor municipal.

8 — Posse 

Márcio Passos: candidato a prefeito pelo Podemos | Foto: Reprodução

Na cidade mais emblemática do Nordeste goiano, há uma disputa entre o candidato do ex-governador José Eliton e do prefeito Wilton Barbosa — Bailon Nunes da Silva (seu vice é Eltin Figuerêdo, pai de José Eliton), do Progressistas — e o candidato bancado pelo governador Ronaldo Caiado e pelo deputado federal José Nelto, Márcio Passos, do Podemos (seu vice é do Democratas). Bailon representa a velha guarda e Márcio Passos é o símbolo da renovação. O deputado estadual Paulo Trabalho, do PSL, aposta em Fabrição Alves de Souza, do PRTB. O deputado estadual Iso Moreira, do Democratas, banca em Solange Valente, do PDT.

9 — Porangatu 

Vanuza Valadares: candidata a prefeita pelo Podemos | Foto: Divulgação

Na cidade mais importante do Norte de Goiás, há um embate entre três mosqueteiros: Vanuza Valadares, do Podemos, Pedro Fernandes, do Progressistas, e Márcio Luis da Silva, do MDB. Pesquisa recente mostrou Vanuza — que tem o apoio do governador Ronaldo Caiado — em primeiro, mas tecnicamente empatada com o prefeito Fernandes e o advogado Márcio Luis. Trata-se de uma das campanhas mais difíceis do Estado.

10 — Uruaçu

Azarias Machadinho: candidato a prefeito pelo Democratas | Foto: Divulgação

Na segunda cidade mais emblemática do Norte goiano, há uma alternância de favoritos. O prefeito Valmir Pedro, do PSDB, começou melhor, com uma gestão bem avaliada. Aos poucos, assistiu o empresário Azarias Machadinho, do Democratas, crescer. Com o apoio do governador Ronaldo Caiado, a base governista aposta que vai derrotar Valmir Pedro, um dos principais aliados do ex-governador Marconi Perillo. O tucanato estadual já esteve mais animado com seu postulante. Seu estilo “brigão” não está agradando aos eleitores de Uruaçu, que não interessados nas guerras pessoais do gestor municipal. A maioria avalia que, se deixar a prefeitura, a cidade vai melhorar para todos.

11 — Catalão 

Adib Elias: candidato à reeleição pelo Podemos | Foto: Reprodução

O MDB “produziu” um candidato milionário, Elder Galdino, para enfrentar o prefeito Adib Elias, do Podemos. Apoiado pelo governador Ronaldo Caiado, Adib Elias é apontado, até pelos adversários, como favorito. Mas o emedebismo aposta em Elder — que, na versão de aliados, estaria deixando Gustavo Sebba, do PSDB, para trás — constituindo-se na segunda força política local. Talvez seja um nome para a disputa de 2022, como candidato a deputado estadual, ou para a disputa de 2024, no pós-Adib Elias, como candidato a prefeito.

12 — Mineiros 

Aleomar Rezende: candidato a prefeito pelo MDB a prefeito | Foro: Facebook

Aleomar Rezende, do MDB, estava praticamente sozinho na raia. Sobrinho do prefeito Agenor Rezende, e seu ex-secretário do estilo faz-tudo, era favoritíssimo. Porém, com a formação de uma frente ampla em torno de Dra. Flávia (Flávia Resende de Oliveira Vilela), do Democratas, há possibilidade de reviravolta. A dentista tem o apoio do DEM, PDT, PSDB, PSD, PRTB, PSB e PTB. É um verdadeiro exército — ampliado pelo apoio decidido do governador Ronaldo Caiado, do Democratas; do deputado federal José Mário Schreiner, do Democratas; do presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, Lissauer Vieira, do PSB; da vice-prefeita, Ivane Mendonça, do PSB; e do vereador Marcelo do Vale, do PSDB (sim, em Mineiros, o PSDB e o DEM estão na mesma coligação). Há clima de virada? Tudo indica que há.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.