10 principais apostas do PSD para prefeituras de Goiás na eleição de 2 de outubro

Heuler Cruvinel (Rio Verde), Luiz Teixeira (Niquelândia), Cristóvão Tormin (Luziânia) e Francisco Júnior (Goiânia): quatro apostas do comando do PSD

Heuler Cruvinel (Rio Verde), Luiz Teixeira (Niquelândia), Cristóvão Tormin (Luziânia) e Francisco Júnior (Goiânia): quatro apostas do comando do PSD

Com forte presença em Goiás, dada a liderança de seu presidente Vilmar Rocha e do secretário de Desenvolvimento Econômico do governo do estado, Thiago Peixoto, o PSD vai bancar candidatos em cidades de grande, médio e pequeno porte. Listamos suas 10 principais apostas — o que não significa que todos são favoritos. Avaliações da cúpula apontam que, além dos mencionados na lista abaixo, o partido tem condições de eleger candidatos a prefeito em Orizona e Anicuns.

1 — Clenilda Melquíades
/Santo Antônio do Descoberto — É vista como uma pessoa politicamente respeitada no município.

2 — Cristóvão Tormin
/Luziânia — O favorito é Marcelo Melo, do PSDB. Mas os líderes do partido acreditam na sua capacidade de reação e dizem que há um “cartel de obras” a mostrar ao eleitorado.

3 — Dienes da Farmácia
/Bonfinópolis — A cúpula pessedista avalia que, com alguma estrutura, terá condições de elegê-lo.

4 — Francisco Júnior
/Goiânia — Está entre os últimos colocados nas pesquisas de intenção de voto. A cúpula do partido avalia que, como tem discurso e projetos, tende a crescer na campanha.

5 — Heuler Cruvinel/Rio Verde — Apontado como favorito, o deputado federal é a grande aposta do partido. É visto como “a renovação”.

6 — Júnior do Jonas
/Mutunópolis — É experiente, pois já foi candidato a prefeito. Perdeu em 2012.

7 — Luiz Armando
/Pirenópolis — O ex-prefeito é, na opinião dos dirigentes do PSD, um dos pré-candidatos mais consistentes. Seria experiente e popular.

8 — Luiz Teixeira
/Niquelândia — Os dirigentes do PSD frisam que, mesmo na crise, o prefeito permanece bem avaliado.

9 — Maks da Saúde
/Cristalina — Por enquanto, o favorito é Daniel do Sindicato, do PSB. Mas o PSD percebe Maks como uma força renovadora. O problema é o desgaste do prefeito Luiz Carlos Attié.

10 — Olegário Vidal
/Anápolis — Médico, professor da Faculdade de Medicina de Anápolis, é visto como um nome, senão competitivo, respeitável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.