O governador eleito do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), falou nesta quinta-feira, 26, em uma possível fusão ou nova federação partidária para a reconstrução do PSDB. A declaração de Leite foi dada em entrevista ao jornal Opção após a sessão solene do título de Cidadania Goiana. Alguns partidos considerados são: Podemos, MDB e Cidadania.


“Haverá, inevitavelmente, uma reestruturação no partido”, disse Leite. Ele assume a presidência pelo partido após a desistência do ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB).


O partido está enfraquecido em todas as esferas e não conseguiu apresentar nenhuma candidatura à presidência da República em 2022. Mesmo em nível estadual, o PSDB goiano também ficou ‘empacado’, pois não despontou candidatura ao Palácio das Esmeraldas, em Goiás, e por fim, a tentativa de uma cadeira no Senado também foi sem sucesso.


Sobre o evento hoje
O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB) recebeu o Título de Cidadania Goiana concedido pela Assembleia Legislativa de Goiás (Alego). O autor da matéria, o deputado estadual reeleito, Gustavo Sebba (PSDB) comandou a sessão que contou com alguns tucanos remanescentes do Estado.