Brasília sediará, de 19 a 21 de julho, a primeira edição da Expovitis Brasil 2024, uma Feira Nacional de Viticultura, Enologia e Enoturismo. O evento reunirá produtores já confirmados do Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Goiás, Bahia, São Paulo, Minas Gerais, Pernambuco e Distrito Federal. A feira acontecerá no Parque Tecnológico Ivaldo Cenci, no PAD-DF.

Vinícolas de Goiás, como Vinícola Pireneus, Serra das Galés, Monte Castelo, São Patrício e Assunção Aurum, confirmaram presença, de acordo com Ronaldo Triacca. Ronaldo, viticultor e presidente da Expovitis, disse ao Jornal Opção que a feira congregará toda a cadeia vitivinícola, contando com mais de 70 vinícolas oferecendo degustação de seus vinhos, além de exibir máquinas e equipamentos para vinhedos e vinícolas, agentes financeiros, veículos utilitários, palestras com especialistas nacionais e internacionais, e shows de artistas como Zeca Baleiro, Kleiton e Kledir e 14 BIS.

A feira será realizada no Paranoá, no Programa de Assentamento Dirigido do Distrito Federal (PAD-DF). Além disso, vinícolas de Planaltina, Brazlândia, Samambaia e uma vinícola urbana de Brasília também participarão. Essas vinícolas estão produzindo há cinco anos, segundo Ronaldo. Ele ressalta que a ideia da feira é quebrar os paradigmas de que tanto em Goiás quanto em Brasília não se produzem bons vinhos. “O apreciador de vinho terá a oportunidade de degustar nossos vinhos e entender que nosso terroir é excelente, assim como em outras regiões do país”, afirma.

Ronaldo Triacca é produtor de vinhos e presidente da Expovitis Brasil l Foto: Arquivo pessoal

Ronaldo destaca que a altitude de mais de 1000 metros ao redor de Brasília favorece a produção de uvas de altíssima qualidade e, consequentemente, um vinho de alto nível, capaz de competir nacionalmente com outras regiões mais tradicionais. “Sem dúvida, esse é o nosso grande diferencial: altitude e clima. Estamos a mil metros de altitude, com grandes amplitudes térmicas e sem chuva no inverno. Esse conjunto de fatores nos proporciona um dos melhores terroirs do mundo para elaborar vinhos finos”, explica.

Ronaldo Triacca pontua que o evento terá o potencial de mostrar um produto de qualidade para um público que aprecia um bom vinho. “A Expovitis é de grande importância, primeiramente por estarmos na capital federal e termos um consumidor com grande renda per capita, que consome e aprecia vinhos nacionais. Em segundo lugar, porque temos alguns gargalos no setor e este evento visa discutir e contribuir para melhorias para todos os produtores, já que estamos no ‘quintal das decisões’ do país. A feira também tem o intuito de ser uma grande vitrine da excelente qualidade do vinho brasileiro, tanto para o mercado interno quanto para o exterior”, disse.

Vagas para o evento:

Ronaldo Triacca revela que ainda há vagas para produtores interessados em expor suas produções. Para os visitantes, os ingressos estão disponíveis nas redes sociais, com o valor de R$ 95,00 para um dia, incluindo degustação e um tour pelas vinícolas da região. Dois dias custam R$ 170,00 e três dias R$ 210,00.