Zeca Camargo é condenado a pagar R$ 60 mil à família e empresa de Cristiano Araújo

Ao jornal Folha de S. Paulo, apresentador da Rede Globo disse que vai recorrer da sentença de indenização por danos morais

Cantor sertanejo Cristiano Araújo | Divulgação / Facebook

A Justiça condenou o apresentador da Rede Globo Zeca Camargo a pagar uma indenização de R$ 60 mil por danos morais ao pai de Cristiano Araújo e à empresa que cuidava da carreira do cantor sertanejo, morto em acidente de carro em junho de 2015.

Pela sentença da juíza Rozana Fernandes Camapum, da 17ª Vara Cívil de Goiânia, metade do valor será pago à família e a outra metade a C.A Produções Artísticas.

O processo se deu por conta de um comentário do jornalista no Jornal das Dez da Globo News, logo após a morte de Cristiano. O texto analítico de autoria de Zeca questionava a comoção nacional por causa da morte do cantor e sugeria que o goiano não era um “ídolo de verdade”.

Na época, o comentário gerou uma grande comoção nas redes sociais por parte de fãs e artistas da música sertaneja e o pedido de desculpas de Zeca Camargo não convenceu.

Após a sentença da Justiça de Goiás, o apresentador disse ao portal F5 do jornal Folha de S. Paulo que vai recorrer. “Embora nunca tenha ofendido nem ao cantor nem a ninguém da sua família (e muito menos seus fãs) numa crônica mal interpretada que comentava não sobre a qualidade de uma manifestação artística, mas sobre a repercussão do acontecido na mídia, e apesar de ter pedido desculpas publicamente à época, tomei conhecimento hoje do teor da sentença e vou recorre”, disse.

No entendimento da juíza, “o momento foi extremamente inadequado, já que não respeitou o luto da família e empresário e lida quatro dias após a data do falecimento, o que provocou uma dor maior e humilhação pública da família pelo desprestígio que impôs a pessoa do falecido cantor, principalmente quando perguntou ‘Mas, Cristiano Araújo?’ — para o fim de deixar claro que ele não era merecedor da comoção nacional e de grandes funerais públicos”, escreveu.

Ainda de acordo com a decisão, Zeca Camargo também deverá pagar todas as despesas processuais e honorários advocatícios fixados em 15% sobre o valor da condenação.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Carlos Rodrigues

É pouco, criticou que não pode se defender, desmostrou ser um mau caráter.